26/01/2017 às 08h42min - Atualizada em 26/01/2017 às 08h42min

Excesso de feriados prolongados exige que lojistas tenham atitude

O ano de 2017 começou já com a expectativa de descanso e sossego para alguns, mas de preocupação para outros. É o caso dos comerciantes que enfrentarão cerca de 17 feriados prolongados esse ano.

O presidente do CDL, Fúlvio Ferreira, falou à reportagem do Uberaba Popular sobre os impactos que essas datas podem causar no comércio e consequentemente na economia local. “Feriados prolongados são um convite permanente para viagens, esticadas, idas a ranchos e fazendas. Quando pensamos apenas no comércio lojista o prejuízo é grande. Porém é necessário enxergar com uma visão ampla e entender que o varejo também envolve restaurantes, bares, supermercados, açougues e postos de gasolina entre outros. Estes são ramos que serão privilegiados por estes feriados e emendas”.

Pensando em minimizar os prejuízos, o presidente da entidade já pensa em propor alguma alteração que beneficie o comerciante, nada que possa burlar ou ferir as leis federais. “Podemos atuar no feriado de 20 de novembro, que é um dos que devem ser revistos, debatidos e alterados. Nos demais casos, há amparo por lei federal que garante sua aplicação. Fato esse, que não afasta a intenção de somar forças junto às federações e confederações empresariais no sentido de tentar alterar essa legislação atual”.

Fúlvio ainda exemplificou sobre a migração da maioria dos feriados para a segunda feira. “Os comerciantes já se mostram preocupados visto que os custos são crescentes e teremos menos dias para trabalhar, gerar riquezas, manter postos de trabalho e recolher impostos e tributos. Sugerimos que cada empresa se antecipe, que cada empresa seja pró-ativa e conquiste os clientes com ações, promoções e divulgações antes dos feriados, diminuindo as perdas já previstas”.

Nos próximos dias, a CDL Uberaba inicia divulgação dos primeiros eventos, entre seminários, palestras, workshops, treinamentos e diversas outras atividades para estimular as vendas e movimentar a economia no comércio local, ao longo do ano. “Uma das parceiras é com o Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Geais) – Gerência Regional Triângulo, que já temos acertadas duas grandes semanas. No primeiro semestre, será realizada a Semana do MEI (Microempreendedor Individual). Para o segundo semestre, a Semana da MPE (Micro e Pequena Empresa)”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.