10/09/2016 às 19h44min - Atualizada em 10/09/2016 às 19h44min

Presos na Operação Dilúvio vão permanecer na penitenciária

De acordo com o coordenador regional do GAECO, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público, José Carlos Fernandes, presos na Operação Dilúvio vão permanecer na penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira por tempo indeterminado. “A justiça acatou o pedido das prisões que eram de 30 dias e venceriam a 0 hora deste sábado, agora passam a ser por tempo indeterminado, para coibir que essas pessoas voltem a praticar crimes em liberdade”, esclareceu o Promotor de Justiça. No processo principal movido pelo MP,  o grupo responde por formação de quadrilha e organização criminosa. Ainda de acordo com o Promotor,  três processos, inclusive com referência a  explosões a caixas eletrônicos na cidade de Uberaba já foram apresentados a justiça.

Operação Dilúvio - A Operação Dilúvio foi realizada no dia 11 de agosto. Dois helicópteros sobrevoaram os alvos em diversos endereços da cidade. Foram cumpridos 23 mandados de busca e apreensão e 27 de prisão. A investigação foi comandada pelo GAECO, 16 pessoas foram presas. Oito delas já estavam recolhidas na penitenciária de Uberaba por outros crimes. Foram três meses de investigações para identificar os bandidos e como eles atuavam. Segundo o GAECO, a quadrilha era dividida em células: uma roubava veículos, a outra explodia caixas eletrônicos e a terceira fazia o tráfico de drogas. Entre os crimes praticados pela quadrilha, o MP descobriu um esquema de venda e entrega de drogas em domicílio, apelidado de “disk pó”.

Ao todo 66 policiais civis e 119 militares participaram da operação. Foram apreendidos coletes à prova de balas, drogas, computadores, rádio comunicadores, 3 armas, R$ 3 mil em dinheiro e  sete veículos roubados foram recuperados.

No dia 23 de agosto um comboio levou presos que estavam no presídio para a sede do Ministério Público para prestarem depoimentos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.