21/01/2017 às 21h05min - Atualizada em 21/01/2017 às 21h05min

Comunidade promove campanha para construção de igreja

Quem passa pela Avenida Leopoldino de Oliveira, próximo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque do Mirante, já deve ter percebido um terreno com um outdoor e uma cruz de madeira com mais de dois metros de altura. A cruz marca o local onde será construída a Capela de Santa Clara. Para que a construção seja efetivada, a comunidade paroquial promove, desde 2015, uma campanha para arrecadação de verbas. A previsão é de que a obra tenha início em fevereiro deste ano.

Segundo o pároco responsável, Padre Adailton Carlos da Silva Ribeiro, os planos para a construção da Capela de Santa Clara tiveram início há quase dez anos. Mas, mesmo com a campanha, até o momento apenas um terço do dinheiro foi arrecadado. Para o Padre Adailton, ainda é preciso que a comunidade se mobilize com a ação. “Nós promovemos missa todos os domingos, às 9h30, no salão da Unidade de Assistência ao Idoso (UAI) para divulgar e promover nossa ação. A intenção é chamar toda a comunidade cristã do Parque do Mirante, Jardim do Lago, Flamboyant e os bairros por ali, já que não temos uma paróquia naquela região”, conta o padre.

A coordenadora pastoral, Mirna Spirandeli, explica que o terreno foi uma cessão da Prefeitura de Uberaba. Depois da viabilização e limpeza do local e com o projeto da obra em mãos, o próximo passo será a realização da terraplanagem. “Mesmo após darmos início às obras, em fevereiro, a comunidade ainda poderá ajudar. Toda e qualquer doação será bem-vinda, para que a gente consiga começar e terminar a construção da nossa Capela”, diz a coordenadora.

Segundo o pároco, as doações podem ser feitas por meio de um carnê anual que está sendo distribuído às missas dominicais no salão do UAI. Além disso, a comunidade pastoral também criou o “Livro Ouro” para contar com ajuda de empresas e empresários na cidade. “Nós levamos a ata nas empresas interessadas e os empresários ou funcionários fazem sua contribuição. Não pedimos um valor estimado. A pessoa doa o que ela puder ou tiver. Mas a doação é de suma importância pois, sem ela, não conseguiríamos nem ao menos começar a nossa obra”, explica.

Quem tiver interesse em ajudar, basta procurar a coordenadora nas missas no UAI ou na Paróquia Sagrada Família, no bairro Silvério Cartafina.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.