19/01/2017 às 20h04min - Atualizada em 19/01/2017 às 20h04min

A 30 dias da estreia, comissão técnica do USC está satisfeita

O Uberaba Sport estreia no Módulo II do Mineiro em 18 de fevereiro, ou seja, faltam 30 dias. A pré-temporada começou ainda no ano passado e as atividades estão dentro do planejado, afirmam o treinador Wantuil Rodrigues e o preparador físico Fúlvio Ventura.

O técnico demonstra satisfação com o trabalho realizado até aqui. “Está tudo dentro do cronograma. Há uma harmonia muito grande entre o departamento técnico e o físico”, declara.

A repetição pode ser o segredo para os bons resultados aparecerem nos jogos. Para isso é que são feitos os treinos táticos, ou, como diz Wantuil, “cháticos”.

“Entramos na parte de variações táticas e transições de jogo, com vários exercícios de leitura de jogo, para dar inteligência tática ao grupo. Precisamos de uma transição mais rápida, temos jogadores rápidos e insinuantes no ataque, um time com vocação ofensiva muito grande, mas é preciso ter estratégia. Por isso os trabalhos repetitivos, cansativos, o treino “chático”, que é repetição: posicionar, conversar, voltar, para melhorar a cada amistoso e de 18 de fevereiro a 20 de maio haja uma harmonia técnica e física em toda a equipe”, destaca o treinador.

O preparador físico Fúlvio Ventura também diz estar satisfeito com o cronograma que vem sendo cumprido. Ele só não fala quando os jogadores vão estar 100% fisicamente porque, neste caso, 100% não existe. Mas, de acordo com Fúlvio, o ideal é chegar o mais próximo disso no início da competição.

“Temos um grupo de trinta atletas, e cada um reage de um jeito, não posso afirmar que estamos 100% porque não existe 100%. Mas, se eu chegar a 100% agora, no início da competição a tendência é que caia. Então eu tenho que chegar a 100% – teoricamente, porque na prática não é assim – no último dia de preparação. A gente espera estar igual agora durante a competição, sem problemas de lesões. Estamos trabalhando para que todos estejam bem de 18 de fevereiro a 20 de maio”, acentua Fúlvio.

O atacante Rudimar é o único do elenco que vem trabalhando separadamente. “Ele está se recuperando da pancada no pé, estamos monitorando, e de qualquer forma ele vem mantendo a forma. Sabemos que lesões acontecem, mas quanto mais bem treinado o atleta fica, mesmo que tenha alguma lesão ele vai voltar a treinar mais rápido”, explana o preparador físico.

Além do futebol, Fúlvio tem experiência no basquete, inclusive na Seleção Brasileira. O profissional resumiu o currículo para o UP/REPLAY: “Me formei em Educação Física, fiz algumas pós-graduações, e comecei no futebol no Bragantino. Passei por Francana, Rio Branco do Acre, e, no basquete, trabalhei sempre no Franca e, durante quatro anos, na Seleção Brasileira. Em 2016 estive no Uberaba e depois, como fisiologista, no Boa. Estou aqui torcendo para que tudo dê certo e que possamos estar de novo no ano que vem, na primeira divisão, se Deus quiser”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.