19/01/2017 às 20h00min - Atualizada em 19/01/2017 às 20h00min

Motoristas de Uber se reúnem com secretário de Trânsito e Transporte

Motoristas do Uber se reuniram com o secretário municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte (Sedest), Wellington Cardoso Ramos, na tarde desta quinta-feira (19), na tentativa de mudar a atuação do Uber na cidade, que hoje é vista como clandestina por parte do Administrativo. Nada foi acordado.

Segundo os motoristas do Uber, que não quiseram ser identificados, mais de 15 veículos já foram apreendidos por fiscais de trânsito, depois de caírem em “emboscadas”. Eles disseram que há uma mulher, que usa da falsidade ideológica no aplicativo, para solicitar a corrida e levar o motorista ao destino final, onde o fiscal está.

“Eu participei de uma emboscada ontem, por causa da usuária de nome ‘Rosângela’, que já conseguiu fazer com que cinco carros fossem apreendidos. Ela está agindo com falsidade ideológica, solicitando a corrida pelo aplicativo, onde o destino final é onde estão os fiscais. A maioria das apreensões foi feita dessa forma, por meio de ‘emboscada’. Quando chegamos no destino final, a guarda faz o cerco e a apreensão”, explica um dos motoristas.

Após a apreensão do veículo, o motorista recebe multa de 50 UFM (Unidade Fiscal do Município), o equivalente a R$ 11.600. Segundo o secretário da Sedest, as autuações continuarão, pois a legislação municipal não permite o transporte de passageiros sem credenciamento específico, como no caso do Uber.

 “É uma apreensão inconstitucional, pois nosso carro é legalizado. Os documentos estão em dia e pagos. Não há irregularidades quanto a isso. Há uma proibição do exercício da nossa profissão. Eles [fiscais e autoridades] não usam o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para apreender nossos carros, porque sabem que estão regulares perante a isso. O carro é todo regularizado”, reclama outro motorista do Uber.

Segundo os motoristas, um dos benefícios em andar de Uber é a segurança. “Nós e os usuários não andamos com dinheiro. Isso evita a aparição de falsos clientes e pode ajudar a amenizar a questão dos roubos na cidade”, conta.

O secretário Wellington Cardoso diz que o Administrativo não é a favor e nem é contra o uso o Uber. “O que a Administração quer é que haja uma prestação de serviço para a comunidade. Só que neste momento a atuação do Uber em Uberaba é totalmente irregular. Pelas leis hoje em vigor, a prestação de serviço do Uber é clandestina e, como tal, deve ser combatida. O que legitima o transporte de passageiros é o credenciamento do município”, explica o secretário.

Reunião.Cerca de 50 motoristas participaram da reunião com o secretário da Sedest. Antes de irem à Secretaria, eles participaram de um manifesto na porta do Centro Administrativo. Motoristas de Uberlândia estiveram presentes para ajudar na causa. Juntos, os profissionais realizaram um ‘buzinaço’. Veja o vídeo.

A conversa entre os motoristas e Cardoso durou cerca de meia hora, mas nada foi acordado. Segundo o secretário, a solução para que os profissionais tentem regularizar a ação do Uber na cidade, é montar uma proposta de regulamentação para que seja estudada por parte do administrativo.

“Nós estamos abertos a ouvir a proposta, desde que seja para melhorar o serviço. Isso não significa que a proposta apresentada vá para a Câmara. Mas, será a partir dela, que estudaremos a situação na cidade. Já que eles [motoristas] querem a regulamentação, que nos tragam uma proposta para que a gente estude os termos dessa regulamentação. Na hora que eles trouxerem a proposta, a gente volta a conversar e vemos o que mais pode e acontecer”, explica Cardoso.

O secretário ainda concluiu dizendo que após a apresentação da proposta, a sociedade poderá ser chamada em audiência pública, a fim de decidir como será a atuação do Uber no município.

“Vamos continuar lutando para que a gente exerça o nosso trabalho, como qualquer profissional”, finaliza outro motorista.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.