10/01/2017 às 15h29min - Atualizada em 10/01/2017 às 15h29min

Bomba! Terceirona pode acabar e Amador teria apenas duas divisões

Uma possível mudança nas divisões do Campeonato Amador, proposta pela LUF, pode terminar com a Terceirona e fazer a competição ter apenas dois módulos.

O Módulo A, hoje com 16 times, passaria a ter 20. Seria a chamada “divisão especial”. E os módulos B e C se uniriam e virariam a “divisão de acesso”.

O presidente da Liga Uberabense de Futebol, Roberto Carlos Fernandes, em conversa informal com o UP/REPLAY, explica que já falou com alguns representantes de clubes e vai sugerir a alteração aos demais nos próximos dias. Na assembleia geral marcada para o próximo dia 23, todos já estariam informados e a reunião seria para decretar ou não a modificação.

Se as equipes não concordarem, a nova configuração das divisões pode ser determinada no próximo ano, sem consulta aos clubes.

“Acredito que não haverá resistência dos times do Módulo C. Pode ser que tenha do A e do B. Vamos deixar aberto para a decisão ser dos clubes, a intenção é implantar as duas divisões ainda esse ano. Se não aceitarem, em 2018 a Liga estabeleceria a mudança”, explana Roberto.

Como funcionaria Com o novo modelo proposto por Roberto, a divisão principal teria 20 equipes. Ou seja, no primeiro ano não haveria rebaixamento e, no ano seguinte, os 16 times ganhariam a companhia de mais quatro vindos da divisão de acesso. A partir daí, o descenso voltaria, com quatro times caindo a cada temporada.

Já a divisão de acesso teria 33 clubes (16 do Módulo B e 17 do C, contando com a volta do Americano). Subiriam quatro equipes para a divisão especial.

O regulamento da divisão de elite não teria grandes mudanças. A forma de disputa da divisão de acesso já foi idealizada pelo presidente da LUF.

Seriam três chaves na primeira fase, com 11 times cada. Seis equipes de cada chave se classificariam. Na segunda fase, seriam formadas mais três chaves, agora com seis times cada. Os dois melhores de cada chave se classificariam para o hexagonal final. Na fase decisiva, mais uma vez não haveria mata-mata. O sistema de pontos corridos, em turno único, continuaria, e os quatro mais bem colocados subiriam para a divisão especial.

Opiniões Campeão do Módulo C em 2016, o Juventude subiu para o Módulo B. Caso a alteração proposta seja efetivada, seria o caso de dizer que o Juve “nem precisava” de ter vencido a Terceirona. Todavia, o presidente do Azulão, Valtemir Faquinelli, é favorável ao novo modelo com apenas duas divisões. Motivo: seria mais fácil subir para a elite, já que as vagas passariam de duas para quatro.

“Subir quatro para a primeira divisão é vantagem. Disputar a segunda com 16 times, para subir dois, não é fácil, com os times investindo como estão. Subindo quatro, teria mais chances”, comenta.

Já Nilton Teles, representante do Costa Teles, vice-campeão do Amador C, que também subiu para o Módulo B, não concorda com a mudança. Para o cartola-goleiro, o nível da divisão de acesso seria prejudicado.

“O time entra para subir ou só para disputar, mas, se entra para disputar, tenta montar um time para não cair. Mas, se não tiver rebaixamento, vai entrar só por entrar, não vai ter preocupação, vai virar relaxo”, argumenta.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.