09/01/2017 às 12h21min - Atualizada em 09/01/2017 às 12h21min

Falta de atendimento em CRAS gera reclamações de moradores

Moradores da região do Elza Amuí reclamam da falta de atendimento assistencial no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Décio Moreira.

Uma idosa, de 77 anos, que não quis ser identificada, conta que precisou de atendimento social duas vezes só na primeira semana de janeiro, mas não conseguiu. Segundo a idosa, o local está praticamente abandonado e com poucos funcionários.

“É um descaso, principalmente com a terceira idade. A unidade do Elza Amuí não tem assistente social. E eles nem nos dão uma explicação, não contam o porquê está sem atendimento. Só pedem para a gente voltar mais tarde”, reclama.

Segunda a idosa, ela já buscou atendimento em outras unidades do CRAS, mas sem sucesso, já que os atendimentos devem ser feitos de acordo com o bairro em que a pessoa mora.

O mesmo aconteceu com a idosa, de 68 anos, Zenite Moreira, que buscou atendimento no CRAS do Elza Amuí na semana passada. Ela conta que precisava de uma declaração comprovando a terceira idade, para que pudesse comprar uma passagem gratuita para São Paulo. Segundo a dona de casa, as empresas de ônibus não emitem as passagens especiais sem a declaração.

Sem assistente social no CRAS próximo onde mora, a idosa teve que implorar por um atendimento em outra unidade.

“Eu só posso ser atendida no CRAS Décio Moreira, pois moro no Bairro Oneida Mendes. Eu precisava comprar minha passagem de ônibus na semana passada, já que viajo no dia 10. Tive que ir até o CRAS do Bairro Boa Vista e explicar toda a situação. Sem a declaração da terceira idade, eu não viajo. E sem o atendimento, eu não tenho declaração.”, explica.

Atendimento. O CRAS Décio Moreira é responsável pelo atendimento nos bairros: Manoel Mendes, Oneida Mendes, Cidade Nova, Terra Santa, Manhattan, Siriema, Jardim Esplanada, Parque São José, Tita Resende, Elza Amuí, Elza Amuí II – III – IV, Mangueiras, Amoroso Costa, Antônia  Cândida, Residencial Mônica Cristina, Domingos Mazeta, Josa Bernardino, Uberaba I, Jardim Primavera e José Olavo.

Em nota, a Prefeitura de Uberaba disse que a unidade Décio Moreira não está fechada e os serviços assistenciais estão acontecendo normalmente, e que o atendimento com as assistentes sociais só é realizado mediante agendamento.

Além disso, neste período de transição de mandato, a Secretaria de Desenvolvimento Social “faz as readequações necessárias para manter a continuidade do serviço, enquanto substitui os contratados pelos concursados, bem como os servidores que estão em período de férias”, explica trecho da nota.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.