03/01/2017 às 18h55min - Atualizada em 03/01/2017 às 18h55min

SSPMU tem novos projetos para o próximo mandato

[caption id="attachment_6294" align="alignleft" width="200"]
Luis Carlos dos Santos[/caption]

Luis Carlos dos Santos continua como presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba. Pelo terceiro mandato consecutivo, o presidente falou dos projetos que pretende levar adiante.

“Um desses projetos é transformar o sindicato em regional, passando a ser Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba e Região. Já fizemos um levantamento em torno de oito cidades visando essa mudança. Para que isso aconteça, existe a possibilidade de alterar o estatuto do servidor para passar por aprovação em assembleia. ”

Outra intenção é buscar uma fonte de lazer para os servidores, nem que seja fora da cidade. “O ideal seria conseguir num clube ou numa pousada. Estamos estudando como seria feito isso para convocar uma assembleia e definir o funcionamento. Só sabemos que o servidor terá um custo quase zero para isso”.

O presidente explica ainda que nesse último mandato conseguiram mais de 40 parceiros. Tiveram plano de carreira, plano de saúde, plano odontológico (que só não cobre implantes) com três consultórios, além de uma credibilidade que faz com que o servidor confie cada vez mais no sindicato.

Com relação às expectativas, Luis Carlos espera coisas boas. Uma das primeiras ações a sere concluídas e melhorar o sistema de comunicação entre o sindicato e os servidores. “Sabemos que será um ano difícil. Possivelmente incompreendido até pelos servidores. Mas lutaremos juntos com a PMU para reverter essa situação. Um dos exemplos disso é a festa do servidor, realizada todos os anos. A festa é dispendiosa, mas não podemos deixar de fazer, porque o servidor merece.“

O presidente ainda comentou que espera que nessa atual legislatura tenha um representante dentro da Câmara Municipal de Uberaba para continuar lutando junto com o sindicato pelos servidores.

Planos – Luis Carlos informou que continuará insistindo nas pautas. Uma delas requer o repasse da inflação de 2015 – 2016 e um ganho real de 5%. Quer também lutar para a regulamentação da lei para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) e adicional de periculosidade para vigias. Aumento percentual de horas extras para 100% e reiterar o seguro acidente de trabalho e doenças ocupacionais considerando o grau de risco.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.