07/12/2016 às 21h48min - Atualizada em 07/12/2016 às 21h48min

Perfil - Marcelo Taynara

O cantor, compositor, arranjador e instrumentista Marcelo Taynara nasceu em Conceição das Alagoas, Minas Gerais. Autodidata, iniciou-se na música aos dez anos de idade, tocando bateria e cantando em bandas de baile, viajando por grande parte do Brasil e da América Latina.

Tendo vasta produção autoral, suas composições trazem os elementos de sua descendência negra e indígena, a influência do “Clube da Esquina”, do Congado e das diversas tendências da música contemporânea. Suas raízes são representadas também com efeitos vocais de pássaros, cachoeiras, bichos silvestres e outros sons da natureza e de percussão, o que se tornou uma marca peculiar do artista. Suas músicas têm em sua essência a simplicidade, porém cuidadosamente elaboradas, ressaltando a pureza das intenções e a urgência de se adotar o sentimento como bússola da vida.

Mudou-se para Uberaba no ano de 1989 e após vários trabalhos em bares e estúdios, Taynara lançou seu primeiro CD, “A Cor De Minas”, em agosto de 2000. Em Belo Horizonte, apresentou-se no programa “Arrumação”, de Saulo Laranjeira exibido na TV Alterosa do SBT. Em São Paulo, apresentou-se no programa “Flash”, de Amauri Junior, na TV Bandeirantes.

Depois de excursões com o show “A Cor de Minas”, Marcelo Taynara participou de vários laboratórios de percussão e em 2001 lançou seu segundo CD, “Sete Colinas”, em parceria com o violonista Sérgio Ramos.  Taynara mudou-se para Belo Horizonte, onde residiu por cinco anos e dividiu palcos com vários artistas mineiros, destacando-se na abertura da Eco Latina 2001, ao lado de Dércio Marques, Daniela Lasálvia e Kátya Teixeira, no palco do Minas Centro. Participou de vários festivais pelo Brasil, dentre eles o da Conexão Telemig Celular de Música ao lado do Duo Mel.

Atuou como ator e cantor na peça “Natividade da Trupe:  Fábrica dos Sonhos”, na Praça do Papa. Ainda em Belo Horizonte, em 2005 Taynara lançou o seu terceiro CD, "Pilão Marcado", gravado com as participações especiais de Saulo Laranjeira, Paulinho Pedra Azul, Emilio Victtor, Dercio Marques, Denílson Mabuzzy, Léo Diniz e o guitarrista de jazz norte americano Ralph Pritikin Warren.

Marcelo Taynara voltou para Uberaba, onde gravou em 2008 o seu quarto CD, "Pilão Marcado Ao Vivo", gravado no Teatro Sesiminas, publicado em 2010.

Em 2009, atuou no filme “Entidades”, do diretor Fábio Ramalho, e foi argumentista do documentário “Os Tambores De Treze De Maio”, de Tobias Ferraz.  Algumas de suas músicas fizeram parte da trilha sonora do premiado documentário “Vila Dos Operários”, de Michelle Parron e Marília Cândido.

Em 18 de novembro de 2011, Marcelo Taynara gravou seu primeiro DVD, “Cantos E Congos”, ao vivo no Teatro Da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte, lançado em 2012. Em 2014, Taynara lança seu quinto CD, “Pretinha”, produzido por Jonas Pheer, com as participações especiais de Toi Rap, Mc Gugu e Marboy. Sai também seu segundo DVD, “Pilão Marcado”, gravado em 2008 e publicado em outubro de 2013.

Ainda em 2014, Marcelo Taynara lança também o seu sexto CD, “Marcelo Taynara e Banda Outubro Ao Vivo na Praça Da Concha Acústica”, gravado em Uberaba.

Atualmente, o artista circula com o premiado “Dandô - Circuito De Música Dércio Marques”, que foi contemplado em 2014 com o “Prêmio Brasil Criativo” do Governo Federal, na categoria “Música” como o melhor projeto de circulação de artistas do país. Marcelo Taynara é coordenador local do Dandô na cidade de Uberaba.

Este artista que explora temáticas importantes e interessantes do universo sócio-cultural brasileiro, o faz com riqueza e amor à arte. Obrigado Marcelo.


QUESTIONÁRIO SONZERA

Porque você atua na música? Porque a música é minha vida, o ar que respiro.

Pra você, o que é mais importante na música? O sentimento e a consciência musical em harmonia.

O que é necessário para ser um músico próximo ao ideal? Bastante estudioso e dedicado.

Como é sua vida profissional? Dividida entre shows, correria e aulas.

Cite 3 estilos musicais que mais lhe influenciaram. MPB, Rock e Jazz.

Cite 5 artistas que foram definitivos para a sua vida na música. Milton Nascimento, Gilberto Gil, Bobby McFerrin, Tom Jobim E Naná Vasconcelos.

Como você entende a mídia e se relaciona com ela? (Rádio, TV, Jornais, etc.) Eu entendo a mídia por dois lados, um lado comercial e o outro mais comprometido com os verdadeiros valores. Sempre tive amigos no meio televisivo, rádio e jornais.  A internet também tem sido um caminho importantíssimo para a divulgação dos nossos trabalhos.

O que está faltando no cenário musical regional e nacional? Tenho viajado por quase todo o Brasil através do “Dandô - Circuito De Música Dércio Marques” e encontrado muita música boa, cantores e cantoras com características muito peculiares, grandes compositores, compositoras e música instrumental de muito bom gosto. Nossa região também é um celeiro de grandes e bons músicos, acho que o que está faltando tanto para o cenário regional quanto para o nacional, são mais políticas públicas culturais e uma maior divulgação.

Como está a música hoje? Hoje a música está como sempre, se modificando de acordo com as mudanças sociais para suprir os anseios da população, porém um pouco mais acelerada em seu processo de criação, onde o compositor na maioria das vezes, corre o risco de fazer músicas repetitivas com arranjos e letras de baixa qualidade. Falo isso da música massificadora.

Em que aspectos, na sua opinião, você se destaca dos demais? Acho um pouco complicado falar de mim mesmo, mas, vamos lá! Não quero ser melhor, igual e muito menos pior do que ninguém, quero ser eu mesmo.  Entendo que cada músico tem seu lado pessoal, alguns já encontraram, outros ainda estão buscando.  O que me destaca dos demais, imagino que talvez o fato de já ter encontrado o meu lado pessoal e de ser muito dedicado e cuidadoso com as minhas composições.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.