26/11/2016 às 13h10min - Atualizada em 26/11/2016 às 13h10min

Campanhas de prevenção ao câncer movimentaram a cidade

whatsapp-image-2016-11-26-at-12-08-11

whatsapp-image-2016-11-26-at-12-08-11

Seiscentos participantes do Dia D da Campanha Novembro Azul foram atendidos, neste sábado (26), durante a ação realizada na Unidade São Cristóvão. Pacientes que realizaram os exames de PSA (Antígeno Prostático Específico, na sigla em inglês), estiveram no Hospital Hélio Angotti para consulta com médico urologista. Para atender a tantos pacientes, foi montado um esquema especial com tentas, banheiro químico e vários consultórios dentro do hospital. Cada médico atendeu em média cem pacientes. Segundo o urologista Sérgio Anacleto Silva, o evento é importante porque desperta a população para a importância do diagnóstico precoce e da prevenção, quando o homem faz o PCA e o exame do toque retal, onde o câncer pode ser diagnosticado na fase em que ainda é possível curar as pessoas. “Até 30% dos tumores são diagnosticados com o PCA normal; então quando a gente faz só o PCA, podemos deixar passar de 20 a 30% dos tumores que se consegue diagnosticar através do exame do toque”, reforça Sérgio.
whatsapp-image-2016-11-26-at-12-04-57

whatsapp-image-2016-11-26-at-12-04-57

Enquanto aguardava para ser atendido, Sr. Evaldo Gonçalves da Silva estava tranquilo. Ele conta faz o exame todos os anos, mas como não pôde se consultar no ano passado, ficou preocupado. “Eu resolvi aproveitar esta campanha para fazer a prevenção e ficar tranquilo em relação a minha saúde”, afirma. Para o massagista Ermes Costa, de 56 anos, o homem precisa dar prioridade à saúde. “Eu aconselho todo mundo a perder o preconceito e o machismo. Temos que nos conscientizar de que a saúde da gente é em primeiro lugar”, ressalta. Sandra Mara Vieira, responsável pelas campanhas do hospital, acredita que este trabalho de prevenção e conscientização da comunidade é muito importante para diminuir a incidência da doença. Após a avaliação do médico, com o exame de sangue e do toque retal, o paciente com suspeita de câncer de próstata será encaminhado para a biópsia, que indicará se há ou não algum tipo de neoplasia na próstata. “É necessário que o homem entenda bem esta questão. Não adianta achar que, se o PCA deu resultado normal, ele não precisa passar pelo médico. Um exame complementa o outro”, esclarece Sandra. Câncer de pele. No Hospital de Clínicas da UFTM, pacientes passaram por   triagem e também assistiram a palestras preventivas sobre o câncer de pele.
whatsapp-image-2016-11-26-at-12-07-42

whatsapp-image-2016-11-26-at-12-07-42

Meire Ataide, supervisora e coordenadora do programa de residência docente da UFTM, é uma das organizadoras do evento em Uberaba. Segundo ela, os atendimentos de hoje têm por objetivo detectar e prevenir o câncer de pele, ressaltando que este tipo de câncer tem maior incidência na população e, na maioria dos casos, pode ser totalmente curado. “É importante que ele seja detectado mais cedo”. Os pacientes que passaram pelo HC e tiveram diagnóstico positivo da doença serão atendidos no próprio hospital.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.