22/11/2016 às 21h38min - Atualizada em 22/11/2016 às 21h38min

Moradores de Ponte Alta pedem atenção para o bairro

Moradores da comunidade de Ponte Alta estão insatisfeitos com os serviços básicos oferecidos, como saúde e segurança.

Nesta terça-feira, o Uberaba Popular recebeu denúncias de uma moradora que não quis ser identificada na matéria. Ela afirma que não há médicos especializados na Unidade Básica de Saúde. A ausência de profissionais na área de ginecologia, pediatria e até clínica médica tem preocupado a população.

A situação pode ser ainda mais grave. Segundo a moradora, a ambulância que atende a região passa parte do tempo estacionada por falta de combustível e a viatura policial está em manutenção há algumas semanas.

Os moradores pedem ações imediatas para solucionar os problemas. A começar pela limpeza do lixo jogado às margens da rodovia que liga Ponte Alta a Jubaí.

Ainda segundo a reclamante, a comunidade, que faz parte de Uberaba, foi muito assediada na época das campanhas eleitorais e, passado o pleito, os moradores ficaram a ver navios.

O UP conversou com Mário Donizett Silva. Ele é comerciante em Ponte Alta, confirma a existência dos problemas, mas ameniza as consequências. "Hoje mesmo estive no posto com a médica. Ela é cubana, sabe? Atende Ponte Alta três vezes por semana, Peirópolis e São Basílio. Realmente estamos sem viatura. Tem uns 15 dias que a viatura está na oficina do quartel, mas o policiamento está normal. São cinco policias, sendo que dois moram aqui mesmo e as viaturas de Uberaba dão suporte aqui".

O comerciante contou que a coleta do lixo é realizada às terças, quintas e sábados, mas que o lixo citado pela moradora é problema dos moradores das áreas rurais. "Tem uma caçamba lá que atende o pessoal da área rural, mas eles jogam todo tipo de lixo e até o que não deve ser jogado, por exemplo, toco de bananeira. E essa caçamba é limpa periodicamente.

Em nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura esclareceu que a Secretaria Municipal de Saúde está ciente da demanda de atendimento e ele está sendo feito normalmente. O clínico geral atende adultos, gestantes e crianças. Nesta terça-feira, a agenda estava sendo cumprida na comunidade rural São Basílio e a população tem conhecimento desta rotina.

Quanto à ambulância, a SMS soube da solicitação da moradora e informa que no mesmo horário a unidade estava em atendimento em Uberaba, visto que tem os horários programados de sair do bairro e vir para a cidade, não tendo esse problema de falta de ambulâncias.

Sobre a viatura da Polícia Militar, a nota esclarece que o veículo já passou por avaliação e está liberado pra atender a comunidade.

A Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transportes explica que o  convênio de gasolina com a Polícia Militar foi extinto há anos e que é de responsabilidade do Estado a manutenção dos seus serviços.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.