08/11/2016 às 11h51min - Atualizada em 08/11/2016 às 11h51min

Mais um caso: criança se machuca ao cair de brinquedo na Feirarte

No último sábado um menino de quatro anos ficou ferido após cair de um “pula- pula” instalado no parquinho da praça Jorge Frange, que funciona durante a Feirarte. A mãe dele, que não quis gravar entrevista, afirma que a rede de proteção do brinquedo estava mal encaixada. O filho caiu de cabeça de uma altura de mais de um metro.

O garoto foi levado pelos pais ao hospital, onde foi atendido, fez uma tomografia e ficou em observação por pelos menos seis horas. Passado o susto, a mãe fez um alerta nas redes sociais, para que outras crianças não sejam vítimas do mesmo brinquedo.

Este é o segundo incidente ocorrido na feira de artesanato. Em outubro, duas crianças ficaram feridas após caírem de um “tobogã” e sofreram escoriações. Nossa reportagem acompanhou o caso. Na época as crianças foram socorridas pelos bombeiros.

O responsável pelo parque teria fugido do local e negado assistência para as vítimas. Procurado por nossa equipe, o empresário Luís Antônio Pinheiro disse, por telefone, que estava fora da cidade, fazendo uma entrega no bairro rural de São Basílio, mas convidou a reportagem fazer uma visita ao parque no fim de semana e acompanhar o trabalho oferecido à comunidade. Luís afirma que ficou contrariado com o incidente.

“Quando tudo aconteceu eu dei total apoio para a família. A mãe da criança, inclusive, após levar o menino para fazer a tomografia, voltou à feira para me mostrar a criança, isso foi por volta das 22h. Ela falou que estava tudo certo  e que o menino estava bem. Depois disso, uma equipe do Corpo de Bombeiros também esteve no local”, falou.

O empresário afirma que todos os brinquedos passam por manutenção e que ele é cadastrado na Feirarte, mantendo o parquinho na feira há 19 anos.

O chefe da seção de Geração de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Social, Matheus Márcio Barbosa, declarou ao UP que a Prefeitura é responsável por fornecer apenas os meios para a feira acontecer, como luz elétrica e limpeza. Cada feirante é responsável por sua barraca e em caso de acidente a responsabilidade é toda do proprietário.

Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura informou que “medidas estão sendo tomadas junto à secretarias de Desenvolvimento Social, a de Defesa Social, Trânsito e Transportes e de Planejamento e Gestão Urbana para que providências jurídicas sejam adotadas em relação ao responsável, avaliando sua documentação e manutenção do brinquedo, visto que o mesmo já foi notificado, sendo assim uma reincidência”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.