01/11/2016 às 21h04min - Atualizada em 01/11/2016 às 21h04min

Paróquia quer retirada dos caramanchões da praça da Abadia

A Igreja de Nossa Senhora d’Abadia acionou junto à Prefeitura uma ordem de retirada dos caramanchões localizados junto à entrada do santuário. O Uberaba Popular conversou com o padre Jailson, responsável pela administração da paróquia, que explicou que o motivo do pedido é manter a área mais iluminada, para assim proporcionar segurança para os fiéis que frequentam as missas na parte da noite.

Porém, não é só a iluminação que está em jogo. Os caramanchões viraram também moradia para os moradores de rua que se alojaram lá. “Eles fazem consumo de drogas e bebidas alcoólicas, isso por muitas vezes afugenta as pessoas que frequentam a igreja à noite e até durante o dia”, declara o pároco, que informa que a Guarda Municipal já foi acionada sobre fatos mais “perigosos”.

Segundo padre Jailson, a paróquia sempre foi aberta para os moradores de rua usarem as instalações. “Mas foi chegando o caso deles começarem a fazer mau uso disso, como urinar no altar, fazer gestos obscenos para as pessoas e muitas outras coisas desconfortáveis para quem frequenta a paróquia”, relata. As câmeras filmaram tudo e foi necessário contratar um vigilante para trazer mais segurança ao local.

Antes da possível retirada dos caramanchões (que está sendo analisada pela Prefeitura), segundo a administração do santuário, foi proposto aos andarilhos o ingresso nos grupos sociais de apoio aos dependentes químicos e alcoólicos, além de oferecer ajuda para quem não é de Uberaba retornar para sua cidade. Mas, de acordo com o padre, a proposta foi rejeitada por todos os moradores de rua que ocupam a estrutura.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.