15/01/2022 às 21h06min - Atualizada em 14/01/2022 às 17h06min

Georreferenciamento Rural é apresentado a entidades do setor

O georreferenciamento rural será uma ferramenta para desenvolver políticas públicas para o meio rural, tanto na manutenção de estradas quanto em projetos para a segurança no campo.

Nesta sexta-feira (14) foi apresentado o projeto Georreferenciamento Rural que executará no município de Uberaba a atualização dos dados cadastrais de aproximadamente 3.000 propriedades e base cartográfica no perímetro rural para representantes de entidades ligadas ao agronegócio e ao meio rural.

O projeto será realizado pela empresa GI Geotecnologia a partir de fevereiro e o produtor rural receberá visita de pesquisador devidamente uniformizado, com crachá, e o veículo da empresa terá identificação visível em parceria com a Prefeitura para facilitar o contato e o acesso.

O secretário do Agronegócio, José Geraldo Borges Celani, ressaltou a importância do encontro por trazer para o projeto órgãos que atuam no meio rural. “Apresentamos o trabalho que será feito, o objetivo e o principal, que é a colaboração das entidades na disseminação da informação de que o censo rural iniciará em fevereiro, e assim, minimizar as dificuldades que enfrentaremos como, por exemplo, o acesso do pesquisador à propriedade rural na coleta das informações”, afirmou.

O georreferenciamento rural será uma ferramenta para desenvolver políticas públicas para o meio rural, tanto na manutenção de estradas quanto em projetos para a segurança no campo, facilitando o trabalho da gestão municipal. As informações coletadas em campo serão disponibilizadas em uma plataforma tecnológica, Sistema de Informação Geográfica (SIG), para acesso das secretarias municipais, dando sentido à multifinalidade das informações.

O diretor executivo da Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub), Marlon Soares da Silva, afirmou que o georreferenciamento rural é pioneiro em Uberaba, sendo a primeira vez que o Município realiza um levantamento como esse. Sobre o encontro com as entidades, Marlon pontuou que novas ideias e sugestões apresentadas darão insumos para a execução e a excelência do projeto.

As entidades que participaram da reunião foram: Sindicato Rural de Uberaba (SRU), Associação Brasileira de Uberaba dos Criadores de Girolando, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Associação dos Horticultores do Vale do Rio Grande (Horvagra), Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) e Patrulha Rural (PMMG). E ainda o diretor executivo da Codiub, Marlon Soares da Silva; o secretário do Agronegócio, José Geraldo Borges Celani; o chefe do Incra e ITR da Sagri, João Bosco Lúcio; o chefe de Desenvolvimento Rural, Matheus Oliveira Alves e o representante da empresa GI Geotecnologia, Félix Tavares. 
Link
Notícias Relacionadas »
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.