23/07/2021 às 09h33min - Atualizada em 25/07/2021 às 09h30min

Nutracêuticos auxiliam no controle da queda de cabelo provocada por estresse e ansiedade

Dentre diversos fatores, situações de grande tensão podem ser um gatilho para a alteração do ciclo capilar

Há mais de um ano mantendo o distanciamento social, os nervos aflorados, o estresse e a ansiedade aumentam a cada dia por conta do momento em que vivemos. O impacto da pandemia trouxe consigo um grande abalo emocional para todos, e seus efeitos são evidenciados também de forma física. Entre eles, a perda excessiva de cabelo.

A dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Dra. Paula Voltarelli, explica que, diariamente, uma pessoa saudável perde aproximadamente 100 a 150 fios de cabelo, que corresponde de 5% a 10% do total. Entretanto, quando ocorre um evento de estresse, esse número pode aumentar para 200 a 300 fios por dia. Essa ocorrência é conhecida como eflúvio telógeno.

“De um modo geral, houve um aumento da queixa de queda de cabelo durante a pandemia. A modificação na rotina das pessoas e a falta de previsibilidade da situação atual contribuem para sintomas como ansiedade e estresse, que podem influenciar nesse aumento”, explica a dermatologista. Ela ainda pontua que as situações de grande tensão podem ser um gatilho para a alteração do ciclo capilar.

Dra. Voltarelli reforça que outros quadros também podem intensificar a queda de cabelo, como doenças metabólicas, cirurgias como as bariátricas, dietas restritivas, infecções, inclusive a causada pela Covid-19, febre e pós-parto.

Para evitar ou diminuir esse distúrbio, existem algumas dicas que precisam ser seguidas:
  • Lavar o cabelo em dias alternados;
  • Enxaguar bem para remover o excesso de shampoo e concentrar o condicionador no comprimento dos fios, longe da raiz;
  • Evitar o uso excessivo de secador e chapinha, mesmo no inverno;
  • Diminuir e controlar a frequência da aplicação de químicas no cabelo, como alisamentos e tinturas;
  • Cuidar da alimentação, optando sempre por um prato rico em proteínas e minerais;
  • Sempre que possível, ou se tiver dúvida, visitar um dermatologista para um diagnóstico mais preciso.
O uso de nutracêuticos é uma forma comprovadamente eficaz de auxiliar no controle da queda capilar, pois são capazes de repor os nutrientes no folículo piloso que o corpo redirecionou para outras partes. Os aminoácidos, por exemplo, são essenciais para o bom funcionamento da saúde no geral, pois eles fazem parte de processos vitais, como a estruturação das proteínas no organismo.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.