11/02/2020 às 21h48min - Atualizada em 11/02/2020 às 21h48min

Aplicativo Preço Bomba tem divergência de valores e irrita consumidora

Entrerregadora reclamou que o valor mostrado no app estava R$ 0,13 mais baixo que o valor pago no posto de combustível



Lançado há pouco mais de um mês, o aplicativo "Preço Bomba" foi desenvolvido com a finalidade de dar ao consumidor a facilidade de localizar melhores preços dos combustíveis e aos proprietários dos postos a chance de atrair mais clientes com disputa pelo melhor preço.

Porém, o consumidor não está seguro quanto ao que vê na tela do celular, uma vez que há diferenças dos valores encontrados no aplicativo e o valor registrado nas bombas.

Nesta terça-feira (11), a entregadora Jussara Freitas da Silva acionou a reportagem do Uberaba Popular para reclamar que foi até um posto de combustível porque viu um valor menor no app e, ao parar na bomba, a gasolina estava R$ 0,13 mais cara. “Vim fazer uma entrega no Parque das Américas e olhei no aplicativo se o preço da gasolina estava mais barata no posto lá perto. O aplicativo dizia que a gasolina estava R$ 4,89, mas quando fui abastecer o valor era R$ 5,02”.

Segundo representantes da Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub), a responsabilidade da atualização dos valores é dos postos cadastrados, porém, o aplicativo é um sistema de cooperação, ou seja, não há obrigatoriedade de os representantes dos postos atualizarem os valores.

O UP entrou em contato com a Fundação Procon questionando a funcionalidade da ferramenta, já que o consumidor que deveria se sentir protegido pelo aplicativo, acaba sendo lesado com informações divergentes. Até o fechamento da matéria o Procon não tinha retornado com as informações.

E você? Já utilizou o aplicativo? Clique aqui e responda a nossa enquete.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.