11/02/2019 às 16h10min - Atualizada em 11/02/2019 às 20h03min

Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero

Um dos mais respeitados jornalistas do país, âncora do Jornal da Band, apresentador na rádio BandNews FM e colunista da revista Isto É, Ricardo Boechat morreu em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (11). Ele estava no helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera. Na queda, a aeronave bateu em um caminhão e explodiu. O piloto, Ronaldo Quattrucci, também morreu carbonizado.

A notícia causou grande comoção nas redes sociais. Diversos jornalistas, políticos, artistas e autoridades prestaram suas homenagens.

Boechat tinha 66 anos, nasceu em Buenos Aires, na Argentina, e iniciou a prestigiada carreira na década de 70. O jornalista acumulou 18 Prêmios Comunique-se, sendo o único premiado em três categorias: Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV. Ganhou três vezes o Prêmio Esso (Prêmio ExxonMobil de Jornalismo), em 1989, 1992 e 2001, sendo ele a maior distinção conferida aos profissionais da imprensa do país.

Casado com Veruska Seibel Boechat e pai de 6 filhos, a caçula com 11 anos, Boechat era austero ao emitir as suas opiniões e ganhou a confiança dos ouvintes, leitores e telespectadores. Com irreverência, ele informalizou a maneira de apresentar o telejornalismo e ganhava ainda mais liberdade no rádio. Ao lado de José Simão, os dois faziam comentários bem humorados na BandNews FM, sobre diversos assuntos, principalmente política.

A emissora ficou fora do ar por alguns instantes, após os apresentadores anunciarem a morte do colega. Mais tarde diversas homenagens foram prestadas e a consternação dos parceiros do jornalista era nítida em todas as entradas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.