03/02/2019 às 07h02min - Atualizada em 03/02/2019 às 07h15min

Santa Casa de Igarapava atende 97% das exigências do SUS

[caption id="attachment_15307" align="aligncenter" width="600"]
Equipe técnica do Departamento de Saúde com os representantes da Santa Casa de Igarapava | Foto: Assessoria de Comunicação[/caption]

Na manhã da última quinta-feira (31), a direção da Santa Casa se reuniu com a equipe do Departamento de Saúde da Prefeitura Municipal de Igarapava para avaliação do Plano Operativo, relacionada ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Estiveram presentes a equipe técnica formada pelo diretor do departamento, Murilo Santos, o consultor Diego Meloni, a chefe de Avaliação e Auditoria, Andréa Francisco de Paula, a coordenadora do SAEC, Janaína Monteiro Natal, a enfermeira Giselle Simões e a chefe de enfermagem do Plano Operativo, Letícia Delefate. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Getúlio Pereira também participou do encontro, que contou ainda com a participação do departamento jurídico da Santa Casa, representado pelo advogado Emerson Galvão. Os dados foram apresentados pelos assessores Lamonise Ribeiro e Gilberto Magnino e pela administradora da entidade, Valdete Galante.

Na pauta, além da avaliação da prestação do serviço, as entidades alinharam condições que visam a melhoria e a ampliação dos serviços oferecidos.

O advogado Emerson Galvão foi enfático quanto à pontualidade dos repasses de recursos vindos do munícipio, já que a Santa Casa vem trabalhando incessantemente para manter um atendimento eficaz. O aumento significativo nos atendimentos comprova que a população tem visto o hospital como referência na saúde local.

[caption id="attachment_15305" align="alignright" width="300"]
Administradora da Santa Casa, Valdete Galante, repassando informações do Plano Operativo ao Consultor do Departamento de Saúde, Diego Meloni | Assessoria de Comunicação[/caption]

A Santa Casa conseguiu atender 97% dos requisitos exigidos no convênio com o SUS, que são cobrados pelo Departamento Municipal de Saúde.

O consultor Diego Meloni destacou a importância do monitoramento e enfatizou que a Santa Casa é uma das poucas instituições que está aberta ao diálogo para viabilizar melhores condições dos serviços prestados à população. “Os números apresentaram 97% de realização dos procedimentos e atendimentos médicos. Isso está dentro do esperado, porque temos uma margem entre 90 e100% de cumprimento. Eles apresentaram todas as documentações, então a Santa Casa está de parabéns, pela forma que foi apresentada, a organização destes dados. Acho que é este tipo de mecanismo que o Sistema Único precisa”.

O diretor do Departamento de Saúde, Murilo Santos, elogiou a organização de trabalho proposta pela Santa Casa com o novo modelo de gestão. “A reunião de hoje foi muito importante para fazer o monitoramento que envolve o convênio da Santa Casa com o SUS, com o Departamento Municipal de Saúde. A reunião foi muito proveitosa, muito organizada. Deixo aqui o meu elogio à organização do hospital. As questões foram pontuadas de maneira muito serena. A questão documental muito bem organizada e o Departamento de Saúde continua cumprindo o seu dever legal, que é o de fazer o monitoramento destas questões”.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Getúlio Pereira, garante que o Conselho está disposto a caminhar ao lado da Santa Casa, visando o atendimento à população. “Estou saindo daqui muito satisfeito com o que foi apresentado, pela organização e pelo diálogo. Acho que essa parceria tem tudo para evoluir, o que é muito bom para a população de Igarapava”.

O advogado Emerson Galvão avaliou positivamente a prestação de contas, destacando o esforço do departamento administrativo da Santa Casa. “Os números foram bastante positivos, no sentido de 97% de cumprimento das metas sugeridas. Alguns elementos a serem aprimorados de parte a parte. Vejo positivamente o crescimento do diálogo e a questão do entendimento institucional, tanto do município, quanto da Santa Casa, no sentido de melhorar a qualidade, melhorar a comunicação. Um progresso, não só para atingir e garantir um atendimento de melhor qualidade, mas com a transparência, no manuseio do recurso, na utilização deste recurso que é público e nós temos atingido gradativamente ao que se espera. Nossa expectativa, sem dúvida, é chegar aos 100% em todos os quesitos”.

Demandas importantes, como um possível mutirão para a realização de exames cardiológicos e aumento do número de colonoscopias, serão avaliadas pela direção da Santa Casa e pelo Departamento de Saúde. A intenção é reduzir o número de pacientes nas filas de espera do município para a realização destes procedimentos. Novas reuniões foram previamente agendadas para alinhamento destas e outras questões.

Ouça as entrevistasMurilo Santos, diretor do Departamento Municipal de Saúde [audio mp3="https://uberabapopular.com.br/wp-content/uploads/2019/02/Murilo-Santos-Diretor-DMS-31jan19.mp3"][/audio]   Diego Meloni, consultor da Prefeitura de Igarapava [audio mp3="https://uberabapopular.com.br/wp-content/uploads/2019/02/Diego-Meloni-Consultor-DMS-31jan19.mp3"][/audio]   Getúlio Pereira, presidente do Conselho Municipal de Saúde [audio mp3="https://uberabapopular.com.br/wp-content/uploads/2019/02/Getúlio-Pereira-Presidente-do-CMS-31jan19.mp3"][/audio]   Emerson Galvão, advogado da Santa Casa de Igarapava [audio mp3="https://uberabapopular.com.br/wp-content/uploads/2019/02/Dr.-Emerson-Galvão-31jan19.mp3"][/audio]    
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.