12/12/2018 às 20h14min - Atualizada em 12/12/2018 às 20h29min

Encaminhamento de Transferência gera revolta em mães de alunos da rede estadual

[gallery columns="2" size="large" link="file" ids="14766,14765"]

Matéria publicada nesta terça-feira (11) no Uberaba Popular sobre a distribuição de vagas na rede estadual de ensino rendeu nova reclamação.

A babá, Érica Cristina de Oliveira conta que tem dois filhos e que um deles é aluno da Escola Estadual Irmão Afonso desde o Ensino Fundamental. Eike Vinícius cursa o primeiro ano do Ensino Médio. Porém, a filha mais nova, Emily Maria, além de não conseguir vaga na escola próxima à sua casa, recebeu encaminhamento para ser matriculada na Escola Estadual Santa Terezinha que fica ainda mais distante da sua residência.

“Neste ano foi tudo muito difícil. Foi um sacrifício pagar a van, mas não posso deixar de pagar, porque se eu deixar de pagar, ela não tem como ir à escola”, explica Érica.

A mãe dos alunos questionou ainda que, por se tratar de irmãos, um não credenciaria o outro para garantir a vaga na mesma escola. “Não é assim que funciona? Quando um irmão estuda na mesma escola, o outro não deveria conseguir a vaga também?”.

Segundo as mães que entraram em contato com o Uberaba Popular para questionar a distribuição de vagas por mapeamento, ainda que elas não consigam comprovar, há alunos de outros bairros matriculados na escola Irmão Afonso. “A gente não apresenta comprovante de residência justamente para comprovar que precisamos da vaga naquele bairro?”, indaga Érica, que mora nos fundos da escola.

Em contato com a Superintendência Regional de Ensino (SER), fomos informados que as duas pessoas que poderiam responder aos questionamentos das mães estão viajando e só retornarão na sexta-feira (14).

A assessoria de comunicação da Secretaria de Educação de Minas Gerais (SEE) informou que não há garantia de vagas para familiares e moradores do bairro onde estão instaladas as escolas, já que algumas delas não comportam, estruturalmente, todos os alunos do bairro, e informou que daria parecer  dos casos apresentados pela reportagem individualmente, o que não aconteceu até o fechamento da matéria.

Vale lembrar que o prazo de matrículas estipulado no Encaminhamento de Transferência terá início na próxima segunda-feira (17) e terminará na sexta-feira (21).

Segundo Élida Laudiane, a mãe da matéria publicada ontem e que mora na rua da Escola Estadual Lauro Fontoura , ela conseguiu a vaga para o filho, perto de casa, nesta quarta-feira (12).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.