11/09/2018 às 22h32min - Atualizada em 11/09/2018 às 22h34min

Aeroporto de Uberaba passará por recuperação da pista de pouso

Anunciados nesta terça-feira (11), pelo presidente da Infraero, Antônio Claret, os projetos de modernização,  ampliação do terminal de passageiros e recuperação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Mário de Almeida Franco, em Uberaba, após reunião que contou com a presença de representantes de entidades de classe, empresários, órgãos públicos de segurança e convidados.

O valor total estimado é de R$ 13 milhões, sendo que R$ 8 milhões, destinados à recuperação da pista, já estão liberados; os outros R$ 5 milhões seguem para licitação e contratação da empresa responsável pelas obras de ampliação do espaço.

“O aeroporto ampliará sua capacidade de movimentação para 3,9 milhões de passageiros/ano, aumentando a área total do aeroporto de 1.545m² para 3.024m²”, explicou João Márcio Jordão, diretor de operações e serviços técnicos da Infraero.

“Essa reunião com a Infraero foi muito importante, porque através de um esforço mútuo poderemos valorizar o aeroporto de Uberaba, que é gerido por uma empresa pública com a participação de companhias aéreas que podem vir para a nossa cidade", comemorou o prefeito de Uberaba, Paulo Piau.

Pista de pouso e decolagem. Durante o encontro,  foi assinada a ordem de serviço que marca o início das obras de recuperação da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Uberaba. A obra estará sob a responsabilidade da construtora Transvias, vencedora da licitação, e terá um custo estimado de R$ 8 milhões. O resultado dessas obras, segundo o presidente da Infraero, é de aumentar a vida útil da pista em mais 20 anos.

As atividades terão início no próximo dia 17 de setembro e Claret, garantiu que a pista será entregue em dezembro de 2018.

O projeto de ampliação de pista gerará a contratação de 200 empregos, sendo 50 diretos e outros 150 indiretos.

“Uberaba, como foi dito, tem um potencial grande de crescimento e a Infraero sempre esteve de olho nos seus aeroportos. A pista não está num estado ruim e nem inacabada, o que acontece são melhorias previstas pela Infraero e que realizamos com frequência, garantindo a segurança de todos os seus usuários. Acreditamos que existe esse potencial de crescimento para a cidade”, destacou o diretor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.