28/06/2018 às 21h52min - Atualizada em 11/09/2018 às 17h19min

Adefu aguarda a entrega de R$ 45 mil reais em material

O valor informado causou estranheza, já que o mesmo equipamento é encontrado no mercado especializado com preços inferiores aos divulgados.

Na última terça-feira (19), ganhou destaque nas mídias sociais a notícia da entrega de 12 cadeiras adaptadas para os paratletas do basquete em cadeiras de rodas da Adefu (Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba). Nas redes sociais do vereador Kaká Carneiro (PR), um dos primeiros a dar publicidade à entrega das cadeiras para a associação, o parlamentar comemorava o feito ao lado do deputado federal Aelton Freitas (PR).
“A Adefu está em festa! Entregamos as cadeiras de rodas para esta instituição que cuida tão bem de nossos deficientes físicos. O investimento é de 100 mil reais. Um trabalho feito em parceria com nosso deputado Aelton, que mais uma vez, atendeu nossa solicitação”.

A compra dos equipamentos foi viabilizada por emenda parlamentar do deputado federal Aelton Freitas com contrapartida da administração municipal, totalizando o valor de R$ 107.400.
 
No entanto, o valor informado despertou a atenção dos seguidores nas redes sociais, uma vez que o mesmo equipamento pode ser encontrado no mercado especializado com preços muito inferiores aos divulgados.
 
Em nota, a assessoria do vereador Kaká Carneiro esclareceu que a soma não teria sido destinada apenas às cadeiras de rodas. Do montante veiculado, R$ 62.400 seria o investimento dos equipamentos e R$ 45 mil pagos pela compra de peças de reposição das cadeiras, como eixos e pneus.  Assim, cada cadeira de rodas adaptada teria sido comprada por R$ 5.200 e não R$ 8.950, como dava a entender o material divulgado.
 
A reportagem do Uberaba Popular entrou em contato com o presidente e paratleta da Adefu, Renato Delfino. Inicialmente ele chegou a dizer que as peças tinham sido entregues há “quase dois meses”, mas em visita à sede da Adefu, constatamos que apenas as cadeiras já estão disponíveis aos paratletas. Ao pedirmos para fotografar os materiais, descobrimos não existir nenhum acessório disponível, o que provocou, inclusive, constrangimento durante o registro.
 
Segundo a assessoria do vereador Kaká, os materiais foram entregues “no mesmo dia”, juntamente com as cadeiras. No termo de retirada de material, com data de 18 de junho e assinado por Ociomar dos Santos e pelo presidente da Funel, Luiz Alberto Medina, consta a descrição da entrega de apenas 12 cadeiras.
 
O UP também entrou em contato com o Departamento de Comunicação da Prefeitura de Uberaba. Por e-mail, solicitamos o número do empenho ou pagamento, com as respectivas notas fiscais dos acessórios, mas não fomos respondidos.

Quanto ao valor das cadeiras, a reportagem solicitou orçamento à Ortho Sports Indústria e Comércio Ltda, empresa vencedora do pregão eletrônico da PMU, com a mesma descrição dos materiais licitados. O documento enviado à reportagem confirmou o valor de R$ 5.200,00 por unidade. Segundo o departamento comercial da empresa, a cadeira sem o cinto de segurança pode ser fabricada por R$ 4.900,00.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.