09/07/2017 às 19h40min - Atualizada em 09/07/2017 às 19h40min

Santa Marta garante acesso; disputa segue quente no Módulo B

Acabou o sofrimento! Depois de longos, tenebrosos e angustiantes anos, o Santa Marta está de volta ao Módulo A do Amador. O acesso foi conquistado neste domingo, com a vitória por 2 x 0 sobre a Merceana, na terceira das cinco rodadas do hexagonal final da Segundona.

O Tricolor soma nove pontos e garante, matematicamente, o retorno à elite. Líder, o time agora quer o título. Nos outros jogos, o Beira Rio ganhou do Madureira, por 2 x 1; e Vila Militar e Água Compridense empataram por 1 x 1. A disputa pelas três outras vagas segue quente, com todas as equipes ainda tendo chances.

Os jogos

No Antônio dal Secchi, o choque dos líderes foi um duelo de muito suor. O Santa Marta, dono de um elenco de primeira, foi melhor e, numa atuação cirúrgica, fez por merecer a vitória, derrubando o último invicto do Módulo B.

O primeiro gol foi uma pintura de Mairon César, que cobrou escanteio com veneno e fez um lindo gol olímpico. O Coelho, superior, foi pro intervalo com a vantagem no placar.

Na volta para a segunda etapa, a Veterana começou no ataque. O STM se segurou e, em uma escapada, Lagoinha tabelou com Obina, cortou o marcador e bateu cruzado no canto para definir o resultado final: 2 x 0 e muita festa da torcida de todo o elenco tricolor, que comemorou o acesso com a presença de seu Nenê, um baluarte não só do clube, mas do futebol amador de toda a cidade.

[caption id="attachment_11889" align="alignleft" width="300"]
Foto: Zé Alfreddo[/caption]

No Nanazão, em jogo muito disputado, o Beira Rio venceu de virada o Madureira e somou seus primeiros pontos no hexagonal. O Madura chegou ao gol após jogada pela direita, que achou o atacante Robertinho, que entrou na área e passou para Márcio Henrique, livre e com o gol todo pela frente, só empurrar.

Apoiado por sua barulhenta torcida, o Beira se lançou ao ataque e chegou ao empate com o zagueiro Gustavo, após bate-rebate na área. Tudo igual no primeiro tempo. Na segunda etapa, as duas equipes disputavam a bola em um meio de campo congestionado, com poucas chances para os dois lados. O gol de virada do Beira Rio só saiu após os trinta minutos. Cobrança de escanteio e testada do centroavante Murilo para o fundo das redes. As duas equipes tiveram um jogador expulso cada e, de forma truncada, a partida não se alterou até o final.

[caption id="attachment_11891" align="alignleft" width="300"]
Foto: Creca[/caption]

E, no Romualdão, o empate entre Vila Militar e Água Compridense. Até então zerado na tabela, o time da Vila mostrou que está vivo e deu sufoco na equipe de Água Comprida. Os dois gols do jogo foram de falta. O Sanhaço abriu o placar no primeiro tempo, em bela cobrança de Wellington. O Peixe escapou da derrota para o lanterna deixando tudo igual na segunda etapa, na mesma moeda, com Elivelton.

Classificação

O Santa Marta lidera com os melhores números do hexagonal: são 9 pontos, três vitórias em três jogos, melhor ataque (seis gols) e melhor defesa (não foi vazado nessa etapa). A Merceana, que sofreu a primeira derrota na competição e os primeiros gols no hexagonal, sustenta a segunda colocação, com 6 pontos. A Água Compridense continua em terceiro, agora com 4 pontos.

O Beira Rio, com a vitória sobre o Madureira, entrou no G-4, tirando o próprio Madura. Ambos têm 3 pontos e saldo -2; mas o Beira leva vantagem no número de gols marcados (3 x 2). O Vila Militar, com apenas 1 ponto, ainda tem chances matemáticas de conseguir o acesso.

A rodada Beira Rio 2 x 1 Madureira Santa Marta 2 x 0 Merceana Vila Militar 1 x 1 Água Compridense

* Com reportagem e fotos de Zé Alfredo Ciabotti (Beira Rio x Madureira) e Creca (Vila Militar x Água Compridense)


Link
Notícias Relacionadas »
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.