12/04/2017 às 21h59min - Atualizada em 12/04/2017 às 21h59min

De virada: com dois gols no fim, USC derrota Tupynambás

Em mais uma partida resolvida nos minutos finais, o Uberaba venceu o Tupynambás, de Juiz de Fora, na noite desta quarta, no Uberabão, por 3 x 2, de virada, pela 2ª rodada do hexagonal final do Mineiro Módulo II.

De todas as vitórias do USC na competição, essa foi a mais sofrida. O Colorado chegou a estar perdendo por 1 x 0 e por 2 x 1. Foi a primeira vez que o time sofreu dois gols no certame. Hércules, que saiu do banco, marcou aos 36 e aos 42 minutos da etapa final e garantiu o suado triunfo.

O jogo – O início do jogo foi quente. Aos 5 minutos, a equipe visitante abriu o placar. O camisa 11 Ygor Souza foi avançando sem ser incomodado e acertou uma sapatada de fora da área, no ângulo de Gilson.

Um minuto depois, o Zebu empatou. Michel Cury pegou uma sobra e, um passo dentro da grande área, chutou cruzado no canto.

O restante da etapa foi morno. O USC quase marcou com Bruno Henrique, após rebote do goleiro no chute de Douglas, mas o atacante mandou pra fora. Depois, muitos erros dos dois lados. O Tupynambás não deu trabalho a Gilson. No ataque, o time da casa só finalizava por cima – ou em cima da marcação. Apenas aos 43, outra boa chance. Iskilo passou para Bruno Henrique, que concluiu mais uma pra fora.

No segundo tempo, é o Baeta que chega primeiro. Paulo Henrique perde a bola no meio, Igor Balotelli dispara e bate forte, mas fora. O Colorado responde com Bruno Henrique, mas o chute é desviado.

Hércules entra no lugar de Douglas Iskilo. Mas é o Leão que faz o segundo, aos 24. No contra-ataque com espaço de sobra, Balotelli toca pra Tony, que cruza rasteiro para Igor Santana só empurrar pra dentro.

O jogo fica feio, com muito balão e pouca criatividade. A torcida fica impaciente. Aos 34, o técnico Wantuil Rodrigues reclama e acaba expulso pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro. O auxiliar Mancuso assume o comando. O treinador sai e Rudimar e Baianinho entram na equipe. Aos 36, no escanteio de Douglas, Ulisses toca de cabeça e Hércules, debaixo das traves, também de cabeça, deixa tudo igual: 2 x 2.

E ainda houve tempo pra virada. Aos 42, Kauê toca pra Rudimar, que passa pro lateral Zé Júnior, que cruza rasteiro, Jouberth sai da bola e ela chega na boa para Hércules, que bate de chapa e faz: 3 x 2, e explosão da torcida alvirrubra no Uberabão.

Enquanto Gilson segurava lá atrás, tem briga entre os atletas dos dois bancos. Após sete minutos de acréscimos, a partida enfim é encerrada, e tem mais empurra-empurra depois do apito final. O Uberaba não jogou bem, mas teve sorte. Será sorte de campeão!?

Placar – Em Nova Serrana, a Betinense venceu o Nacional de Muriaé por 1 x 0; e, em Patrocínio, CAP e Boa ficaram no 0 x 0.

O Betinense lidera com 6 pontos em dois jogos. O USC é o segundo colocado, com 4 pontos. Em terceiro lugar, também com 4 pontos, está o Patrocinense. O Boa tem dois pontos, e Tupynambás e Nacional ainda não pontuaram.

No próximo sábado, às 16h, o Colorado encara o CAP, no Uberabão.

Uberaba – Gilson; Zé Júnior, Ulisses, Ricardo Lucena, Douglas; Paulo Henrique (Baianinho), Kauê, Michel Cury (Rudimar), Jouberth; Douglas Iskilo (Hércules) e Bruno Henrique. Técnico: Wantuil Rodrigues

Tupynambás – Igor Rayan; Pedro, Washington, Arlan, Hipólito (Tony); Pinguim, Gustavo, Marcelo, Igor Balotelli (Assis); Ygor Souza e Ademilson (Igor Santana). Técnico: Lúdyo Santos


Link
Notícias Relacionadas »
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.