30/03/2017 às 20h04min - Atualizada em 30/03/2017 às 20h04min

Colorado pronto para encarar o líder

Segundo colocado do Grupo B do Mineiro Módulo II, o Uberaba enfrenta neste sábado o Patrocinense, líder da chave e único invicto do campeonato. A partida, marcada para as 18h30, no Uberabão, é a décima e última da primeira fase, e quem vencer termina em primeiro lugar.

As duas equipes já estão qualificadas pro hexagonal final. O CAP, com 21 pontos, não vem completo para o embate: o treinador Rogério Henrique já havia adiantado a decisão de poupar jogadores e os “pendurados” deram um jeito de “zerar” os cartões amarelos. Por sua vez, o Colorado, que tem 19 pontos, vai com força máxima para ganhar e trocar de lugar com o adversário na tabela de classificação.

No coletivo desta quinta, no Uberabão, duas ausências: o meia Jouberth e o zagueiro Ulisses. Jobim foi liberado para viajar e resolver questões pessoais – ele participaria de uma audiência trabalhista. No lugar dele, entrou Rudimar na formação titular, que teve ainda o retorno de Gilson ao gol – o arqueiro já tinha jogado no amistoso de quarta contra a Francana, quando atuaram os atletas que vinham sendo menos aproveitados. Lucas permaneceu na zaga, já que Ulisses continua fora por causa de uma lesão. Assim, o time titular teve Gilson; Baroni, Lucas, Ricardo Lucena, Douglas; Paulo Henrique, Leandro Teixeira, Kauê, Rudimar; Eskilo e Bruno Henrique. Com Jobim de volta, essa pode ser a equipe que inicia o jogo de sábado.

O atacante Léo Torres, que estava contundido, treinou no time de baixo. Por ora, não foi confirmado nenhum reforço para a segunda fase.

Revanche –O atacante Douglas Eskilo, fora do último jogo, contra o Araxá, cumprindo suspensão, está preparado para o duelo com o CAP. “É ruim ficar de fora, mas tivemos jogos muito pegados e aproveitei bem esse tempo para descansar. Agora é entrar focado para sairmos líderes da chave e ter o regulamento a nosso favor”, ressalta.

Na estreia, o USC perdeu para o Patrocinense, e Eskilo, que não engoliu a derrota, quer a revanche. “Foi uma derrota indigesta; trabalhamos forte durante a pré-temporada e na estreia não ocorreu o que tínhamos planejado. Reverter o placar do primeiro jogo contra um adversário forte sem dúvida nos dará mais confiança para o hexagonal final”, conclui.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.