25/03/2017 às 20h03min - Atualizada em 25/03/2017 às 20h03min

SSPMU discutirá possibilidade de greve-geral

Ante a negativa do governo municipal em conceder reajuste para os servidores da Prefeitura, a Diretoria do SSPMU – Sindicato que representa a categoria – está convocando para duas assembleias-gerais em sua sede, dias 30 de março e 3 de abril, quando serão discutidos indicativo de greve e deliberação e início da greve geral, respectivamente.

Entre as duas assembleias, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba solicitou agenda com o prefeito Paulo Piau, para levar o posicionamento da categoria. Os sindicalistas querem uma reunião dia 31 de março. Ofício já foi protocolado no gabinete do chefe do Executivo.

No início do mês, o SSPMU foi informado pelo prefeito Paulo Piau e equipe econômica da indisponibilidade financeira da Prefeitura para atender as demandas da pauta de reivindicações/2017, que gerem custo.

Na assembleia do dia 30, os sindicalistas levarão o posicionamento do Governo ao funcionalismo, além de tratar sobre a possibilidade de greve. Já na segunda assembleia-geral, os servidores vão deliberar pelo início da greve geral, lembrando que sua realização será após nova agenda solicitada com o prefeito.

Ambas serão realizadas no ginásio poliesportivo do SSPMU, com primeira chamada a partir das 18h30.

Os sindicalistas solicitam reajuste de 23% nos salários, sendo 5% de aumento real mais a variação da inflação de 2015 e 2016, que totalizou 18,15%, conforme o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Pedem ainda que o tíquete passe de R$500 para R$620 e mais: a manutenção da data da liberação do benefício todo dia 7, e não 15, como anunciou a Prefeitura.

A pauta também contempla o pagamento do adicional de periculosidade aos condutores de motocicleta e vigias, e do adicional de insalubridade, especialmente para os servidores que atuam na área da Saúde; aumento do percentual do adicional de horas-extras aos sábados, domingos e feriados para 100%; garantia de manutenção do plano de saúde; implantação do seguro acidente de trabalho e doenças ocupacionais; fornecimento de uniforme e equipamentos de proteção individual, entre outros.

O documento pede ainda a instituição da bolsa auxílio educação para incentivar os servidores a retomarem os estudos, sendo que o SSPMU vai solicitar a fixação de um cronograma para pagamento das férias-prêmio – aos efetivos –, e a adoção de medidas que garantam o pagamento de verbas rescisórias em até 60 dias.

O SSPMU está localizado na rua Tancredo Neves, 55, Santa Marta. Mais informações pelos telefones 3312-5559.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.