21/03/2017 às 14h00min - Atualizada em 21/03/2017 às 14h00min

Terreno incomoda vizinhança no Santa Maria

[caption id="attachment_9311" align="aligncenter" width="500"]
A casa do senhor Mário Bernardes de Oliveira é ao lado do terreno onde o mato ultrapassa o muro[/caption]

O bairro Santa Maria contabiliza áreas propícias para a proliferação do aedes aegypt, mosquito transmissor de doenças como a dengue, zica, chikungunya e febre amarela.

Após recebermos denúncia de moradora, a reportagem do Uberaba Popular constatou que os terrenos baldios acumulam lixo e o matagal toma conta de alguns locais.

Na Rua Ceará, esquina com avenida Santos Dumont, um terreno à venda tem deixado o aposentado Mário Bernardes de Oliveira preocupado não apenas com a saúde dele e da sua família. É que o local tem servido de esconderijo para criminosos e o imóvel dele fica bem ao lado da área abandonada. "Outro dia tinha um homem pulando aí. O mau cheiro incomoda demais. A gente não sabe se é bicho ou gente que pode estar apodrecendo ai. Sem contar as doenças né? Dengue, essas outras que apareceram e o terreno fica cheio de lixo que o povo joga".

Segundo o morador, o proprietário do terreno mora em Franca (SP) e ninguém toma conta da limpeza da área. Além disso, ele é cercado por alambrados e o portão está trancado com cadeado.

O UP não conseguiu localizar o proprietário. Segundo uma das imobiliárias que estão trabalhando a venda do imóvel, o período chuvoso não tem deixado o terreno "parar limpo" e garantiu que o dono será informado do problema.

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos orienta que os vizinhos denunciem o local pelo Fala Cidadão no número 3318-0800 ou ao Departamento de Posturas, no telefone (34) 3331-2305.

Outros problemas. O UP percorreu algumas ruas do bairro Santa Maria na manhã desta terça-feira (21) e encontrou muitos terrenos abandonados. Nas ruas Piauí e Amapá, além do mato, o lixo incomoda os moradores. São Pneus, descarte doméstico, entulhos de construção e até animais mortos que colocam em risco à saúde das pessoas.

Após a denúncia, a Prefeitura de Uberaba informou que o Departamento de Posturas enviou ao local agente de fiscalização e o registro do imóvel está pela Santos Dumont, sendo o proprietário autuado por falta de limpeza. Segundo lei vigente de Posturas e Limpeza Urbana, o proprietário tem 30 dias para regularizar, depois do prazo,  se nada for feito, é multado em dobro e autuado por reincidência, sendo emitido ordem de serviço para a Secretaria de Serviços Urbanos efetuar a limpeza do loca, cobrando o serviço do proprietário. Ressaltamos que os prazos que constam na Lei devem ser cumpridos, no sentido de dar ampla defesa ao denunciado no sentido de resolver o problema.

[gallery columns="8" td_select_gallery_slide="slide" link="file" ids="9302,9303,9304,9305,9306,9311,9310,9301,9316,9315,9314,9313,9312,9307,9308,9309,9300"]
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.