18/09/2016 às 20h46min - Atualizada em 18/09/2016 às 20h46min

Barcelona sai na frente do Peirópolis

Como todo bom jogo de uma semifinal, Peirópolis e Barcelona travaram uma batalha no estádio Uberabão, neste domingo, na rodada de ida do mata-mata da penúltima fase do Amador Módulo A. Na disputa por uma vaga na final, o Barça saiu na frente, vencendo por 2 x 0.

Sob um forte calor, marcando 34 graus, o jogo teve momentos de equilíbrio, ora o Peirópolis comandou a partida e ora o Barcelona.

No começo as defesas conseguiam levar a melhor sobre os atacantes. Por todo o primeiro tempo, muita igualdade. No cinco minutos finais da primeira etapa, o time do bairro Boa Vista conseguiu uma jogada bem transada, que culminou em uma assistência para o atacante Ricardinho, que de canhota chutou alto cruzado, sem chance para o excelente goleiro Alvim: 1 x 0.

No segundo tempo o time dos dinossauros se lançou com tudo pra cima do Barça, que, encurralado, teve muita sorte e qualidade, pois, aos seis minuto, no meio da pressão do adversário, o lateral Luís Felipe acertou um lindo chute de fora da área e mandou no ângulo, fazendo 2 x 0, definindo o placar.

O jogo não ficou resolvido após o segundo gol do Barcelona, pelo contrário. Ganhou dramaticidade, todo tempero de um jogo que vale decisão para uma final.

O Peiró se viu obrigado a diminuir a desvantagem e se lançou para o ataque. Teve boas chances com Serginho e Chitão, ambos em jogadas de cabeça, que pararam nas mãos do seguro goleiro Alexandre.

 Agora partindo para os lances polêmicos da partida, que aconteceram no segundo tempo. Aos 27 minutos, o jogador Zé Maria, com a pressa de repor a bola em jogo, pegou a bola reserva das mãos do mesário, Célio, e a jogou em campo para ser batida uma falta. O mesário chamou o árbitro, Mário Ivo, para relatar que o atleta Zé Maria tinha lhe agredido com um soco na mão. Mário expulsou o jogador do Peirópolis, levando a comissão técnica e os jogadores a loucura de tanta indignação.

Outro lance polêmico foi o pênalti claro que o árbitro não deu para o Peirópolis, em um toque pra deslocar o Serginho, quando ele pulou para cabecear e tentar fazer o gol. O clima voltou a ficar quente.

Também teve um lance incrível, onde Paraíba, recém saído da reserva, driblou o goleiro Alexandre e chutou para o gol vazio, mas em cima da linha o também promovido do banco, Nêgo, salvou o Barça.

Assim o jogo terminou. No duelo de volta, o Barcelona pode até perder por um gol de vantagem. Já o Peirópolis necessita de um placar de pelo menos dois gols para se classificar.

Peirópolis: 1-Alvim, 2-Bruninho (Paraíba), 3-Reginaldo (Nigel), 4-Zé Carlos, 5-Luis Antônio (C), 6-Fabiano, 7-Pavão, 8-Zé Maria, 19-Chitão, 10-Weverton (Alex) e 11-Serginho. Tec: Fabinho.

Barcelona: 1-Alexandre, 2-Luis Felipe (Nego), 3-Andre, 4-Leandro, 5-Felipe (Tita), 6- Espanhol, 7-Fabiano, 8-Thalison, 9-Marquinho, 10-Ataíde (Gil) e 11-Ricardinho. Tec: Sussu

[gallery size="medium" td_select_gallery_slide="slide" columns="4" link="file" ids="1947,1944,1945,1946"]
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.