07/03/2017 às 20h04min - Atualizada em 07/03/2017 às 20h04min

Carreta da Saúde faz prevenção e combate a Hanseníase e Tuberculose em Uberaba

Pela primeira vez em Uberaba, a “Carreta da saúde” realizou 80 atendimentos entre consultas, exames e ofereceu orientações sobre hanseníase e tuberculose de graça. A Ação do Ministério da Saúde contou com a participação de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e teve como resultado do trabalho de prevenção o registro de 4 suspeitas de hanseníase e 3 de tuberculose. Os pacientes foram encaminhados para unidade de saúde Eurico Vilela.

Às vésperas de completar 50 anos,  a dona de casa Silvânia  da Silva notou algo de diferente no corpo e aproveitou a oportunidade do atendimento médico itinerante para prevenir a hanseníase. “Não perdi tempo porque a saúde precisa estar em primeiro lugar e aqui é bem mais rápido que agendar em uma unidade e esperar ser chamado”.

Segundo infectologista Vitor Maluf Curi, a atitude tomada pela dona de casa é a mais sensata. Deixar a saúde para depois é arriscado. Por isso, se os sintomas aparecerem o ideal é procurar ajuda médica. “A hanseníase é uma doença que temos desde os tempos de Jesus, a famosa lepra, manchas esbranquiçadas no corpo onde as pessoas não tem sensibilidade, já a tuberculose transmitida por bacilos se caracteriza por tosse prolongada, perda de apetite e febre, se a pessoa notar essas características, precisa ir ao médico logo”. O que muita gente desconfiava e acabou confirmando é que as doenças têm cura, mas a tuberculose, por exemplo, se não for tratada corretamente, pode levar a morte.

A carreta também possui um laboratório. Os exames foram feitos na hora e de graça. Após o resultado, uma equipe entrará em contato com os pacientes para encaminhá-los ao tratamento correto.

De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância Epidemiológica em Uberaba, Robert Boaventura, ano passado, o município teve 56 diagnósticos de hanseníase. Este ano já são 19 pacientes em tratamento. Casos tuberculose ainda não foram registrados em 2017, mas que tiver dúvidas pode buscar atendimento gratuito nas unidades de saúde.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.