03/03/2017 às 20h04min - Atualizada em 03/03/2017 às 20h04min

Polícia Civil procura por envolvido em crime de roubo seguido estupro

R.B.S., 27 anos está preso em Sacramento. Ele é, segundo a polícia civil, o principal suspeito de abusar sexualmente de três mulheres que estavam num grupo de turistas que retornavam da cidade de Sacramento para Uberaba na madrugada do dia 26 de fevereiro.

Os turistas seguiam pela MGC 464 em dois carros quando, os ocupantes do segundo veículo resolveram parar para decidir que caminho seguiriam para chegar mais rápido em casa, quando foram abordados por seis pessoas que chegaram em outro carro.

De acordo com o delegado de polícia Heli Andrade os suspeitos também seguiam rumo a Uberaba quando cometeram os crimes. “Eles perceberam a parada do veículo com turistas e atacaram, não satisfeito com o roubo de objetos das vítimas, um deles teria abusado sexualmente de três mulheres”.

Na manhã desta sexta-feira (03) além do homem que teria cometido os estupros também foram autuados mais um homem e outras três mulheres, sendo uma delas menor de idade com 17 anos.

Durante operação para cumprimento de um mandado de prisão, a polícia registrou imagens que mostram o momento da prisão do homem de 27 anos em uma casa, no bairro Parque das Gameleiras, em Uberaba. Em outro momento ele é levado para um matagal, após dizer a polícia que teria dispensado os celulares roubados dos turistas.

O delegado da polícia civil de Sacramento, Tiago Cruz Ferreira,  desconhece a atuação do grupo na cidade.  Segundo ele, durante a operação foram encontradas roupas que teriam sido usadas no dia do crime e objetos das vítimas.

As investigações continuam para apurar a responsabilidade dos outros possíveis envolvidos. Um sexto criminoso não foi encontrado durante a operação.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.