02/03/2017 às 10h56min - Atualizada em 02/03/2017 às 10h56min

Wantuil destaca qualidade do grupo

Após a vitória contra o Atlético Portal, ontem, o elenco do Uberaba se reapresentou na tarde desta quinta-feira no CT Colorado, com os atletas que participaram da partida de quarta fazendo trabalho regenerativo. O técnico alvirrubro, Wantuil Rodrigues, destacou a qualidade do grupo – dois jogadores que começaram no banco foram os responsáveis pela jogada do gol que definiu o triunfo do USC, por 2 a 1.

“Quero reforçar a capacidade de superação do grupo e sobretudo a rotatividade, com os jogadores que entram resolvendo. Eu sinto quando me chamam de burro, a gente faz as mudanças para acertar, evidentemente não vou acertar sempre, mas nesse jogo acertei, as mudanças mudaram o jogo: o cruzamento do Hércules e o Bruno Henrique fez o gol, os dois que entraram. E o Léo Torres no lugar do Eskilo foi porque nosso trabalho de fisiologia mostrava que ele estava entrando em fadiga, não queremos perder ninguém com lesão”, discorre o treinador, que lembra a dificuldade encontrada contra o lanterna CAP Uberlândia. “Módulo II não tem jogo de conforto. A meu ver a melhor equipe que enfrentamos foi essa”, pontua.

Wantuil já pensa no próximo adversário, o Boa Esporte, domingo, às 11h, em Varginha. “Vamos para lá pensando em manter a liderança. É um gramado muito bom, um jogo sem pressão de torcedor, jogo neutro”, comenta. O técnico assistiu aos vídeos dos dois jogos do Boa no Mineiro e a partida de ontem contra o Goiás, pela Copa do Brasil. “É uma equipe completa, que valoriza muito a bola, com jogadores rápidos na frente e uma defesa bem postada”, afirma.

A definição do time titular acontece no treino desta sexta e, de acordo com o treinador, depende também das condições dos jogadores. “O Ulisses saiu sentindo, o Jouberth é um atleta que está muito desgastado, também sentiu o cansaço. Os atletas estão muito cansados, vamos depender da avaliação médica. E evidentemente essa postura da defesa do Boa nos leva a pensar como escalar o ataque”.

EvoluçãoPara o técnico do Uberaba, o time vem evoluindo a cada rodada. “Os números mostram isso. Começando pelos gols, no primeiro jogo não fizemos gol, no segundo fizemos um e agora dois. No primeiro jogo foram 11 chutes, no segundo 18 e agora 19. Os números de passes certos, bolas alçadas, retomadas, mostram que melhoramos, os números são frios”, ressalta Wantuil. “Pensamos jogo a jogo, uma coisa de cada vez. Nosso primeiro objetivo é classificar entre os três que passam para a próxima fase”, finaliza.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.