25/02/2017 às 17h01min - Atualizada em 25/02/2017 às 17h01min

Carnaval: turismo de aventura e esportes radicais

Tem gente que não curte folia e prefere ficar em casa durante o Carnaval. Por outro lado, tem quem prefira sair de casa para ter experiências únicas, com muita aventura e até esportes radicais. É exatamente isso que um grupo especializado em turismo e aventura pretende fazer no feriado mais agitado do ano.

Segundo o instrutor da Minas Tur, agência especializada em esportes radicais e turismo de aventura em Uberaba, Maurício Neto, a programação para o Carnaval deste ano inclui rapel, camping, cachoeiras, boia cross e muita trilha.

Neto conta que a procura por turismo de aventura vem atraindo cada vez mais adeptos no Triângulo Mineiro. As belas paisagens naturais da região são o cenário perfeito para a prática de modalidades como rapel, trekking(trilha) e escalada.

Entre os principais destinos estão Ponte Alta, Cânion da Fumaça, Cânion do Azulinho e Cachoeira das Abelhas. Todas as rotas estão distantes até 100 km de Uberaba e podem ser feitas em apenas um dia.

“A prática do rapel é a mais procurada nos últimos anos. Trabalho com o turismo de aventura há seis anos e, de lá para cá, o pessoal começou a se interessar mais e as modalidades passaram a ficar mais conhecidas. A aceitação dos aventureiros está sendo boa”, conta Neto.

Todas as aventuras podem ser praticadas por amadores com acompanhamento de um instrutor capacitado. Segundo Neto, o público do turismo de aventura tem idade diversificada e não há restrições quanto a idade, altura, deficiências, entre outros. Ele explica que apenas algumas atividades na trilha e na cachoeira são mais limitadas e podem ser de difícil acesso a quem tiver alguma limitação. No entanto, a aventura faz bem para todos os públicos.

Carnaventura.Durante o feriado prolongado, o grupo aventureiro organiza uma excursão para o Cânion da Fumaça. “Serão dois dias de aventura e muito rapel, slackline, trekking e muita adrenalina”, garante o instrutor.

Maurício conta que a excursão foi dividida em grupos, sendo que um saíra no sábado (25) e outro no domingo (26). A retomada à vida urbana será na segunda-feira (27), às 10h. Para participar do passeio é cobrado o valor de R$ 180, que inclui a área de camping, em frente à Cachoeira da Fumaça, o translado e todas as atividades que serão desenvolvidas ao longo dos dias. Não há alimentação inclusa, mas o instrutor aconselha a levar alimentos leves, mas que mantenham o sustento dos aventureiros.

“Quem chegar no sábado vai conhecer o local, se familiarizar com a turma, armar as barracas e se preparar para o domingo, que será o grande dia com as atividades. Cerca de 40 pessoas já estão garantidas para o passeio”, comenta Neto.

O instrutor conta que essa não será a única excursão organizada pelo grupo. De acordo com ele, a Minas Tur organiza excursões em quase todos os finais de semana para quem tem interesse em conhecer a prática. A aventura e o bem-estar são garantidos. “Nos oferece um momento de reflexão, encontro com a natureza e relembra como a vida é simples. Ecoturismo foi a melhor experiência”, compartilha a corretora Fabiana Dias, que participou de uma excursão de rapel.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.