17/02/2017 às 22h28min - Atualizada em 17/02/2017 às 22h28min

Relembre os campeões do Amador Módulo C

O Módulo C do Campeonato Amador foi extinto. A terceira e a segunda divisões foram unidas numa só, ou seja, a partir desse ano, só existem duas divisões: a principal, a elite, o Módulo A; e a chamada divisão de acesso, o Módulo B. A Terceirona chega ao fim após 12 temporadas.

Criado em 2005, o Módulo C foi uma ideia do presidente da Liga, Roberto Fernandes (que agora sugeriu o fim do campeonato). Na época, o dirigente pretendia motivar os times que ficavam na parte de baixo da tabela do Módulo B, sem pretensões. Não havia disputa nem para não cair, já que não tinha rebaixamento, e os clubes sem chances de classificação ficavam no marasmo, ocorrendo até W.Os. nas rodadas finais.

As primeiras equipes a disputar a Terceirona foram as rebaixadas do Módulo B. Agora elas tinham uma empreitada mais empolgante. Ao invés de só cumprir tabela na zona neutra da Segunda Divisão, competiam por um título. Quem ficou na Segundona e antes só cumpria tabela nas últimas rodadas, passou a ter motivação até o fim, na tarefa contra o descenso.

A primeira edição do Módulo C teve apenas seis clubes, jogando no sistema de pontos corridos. Com o decorrer dos anos, a competição passou a ter não só os rebaixados da divisão acima: mais times foram se filiando e entrando na Terceirona, que foi mudando de regulamento e chegou ao número de 16 participantes, como nos módulos A e B.

Por que, então, acabar com a Terceirona? Isso não faria acontecer novamente a falta de motivação? Para isso não ocorrer, a forma de disputa foi mudada. Antes, no Módulo B, a primeira fase tinha um só grupo, e aí os últimos colocados iam se arrastando na zona morta da tabela. Agora, serão três chaves, aumentando as chances de classificação. Se não haverá preocupação com rebaixamento, as chances maiores devem motivar os times até o fim.

Claro, em algum momento de qualquer uma das fases, o cenário de cumprir tabela pode acontecer. Só o tempo irá dizer se a decisão foi boa ou não, com cada equipe tendo sua avaliação. Mas a fusão dos módulos B e C só foi feita porque os clubes concordaram – em que pese alguns que conseguiram em campo o acesso do C para o B acharem injusta a promoção dos demais times à Segundona. Conversa para resenha.

O UP/REPLAY faz uma retrospectiva e apresenta todos os campeões e vices da finada Terceirona. O campeonato acabou, mas a história ninguém apaga.

Todos os campeões do Amador C

2005

Campeão: Santa Marta

Vice: Bom Retiro

2006

Campeão: Delta

Vice: Americano

2007

Campeão: Mogiana

Vice: São José

2008

Campeão: Pinheiros

Vice: Leblon

 2009

Campeão: Santa Marta

Vice: Ata Refrigeração

2010

Campeão: Olímpico

Vice: Aliança

2011

Campeão: União

Vice: Mangueiras

3º lugar (também subiu): Santa Fé

2012

Campeão: Koreia

Vice: Barcelona

2013

Campeão: Asa Branca

Vice: Corinthians

2014

Campeão: Mogiana

Vice: São Cristóvão

2015

Campeão: Villa Planalto

Vice: Hawaí

2016

Campeão: Juventude

Vice: Costa Teles


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.