16/02/2017 às 22h23min - Atualizada em 16/02/2017 às 22h23min

Colorado pronto para a estreia

Após quase três meses de preparação, o Uberaba está pronto para iniciar a trajetória no Mineiro Módulo II, no próximo sábado, contra o Patrocinense, em Patrocínio, às 16h. A equipe que vem sendo mantida nos últimos treinos deve ser a titular na estreia. O time foi mudando ao longo da pré-temporada, mas a formação agora vem sendo repetida, como no coletivo desta quinta-feira, no Uberabão. A vaga que era dúvida para o técnico Wantuil era no ataque e mais uma vez foi ocupada por Baianinho.

Baianinho, aliás, marcou o primeiro gol da equipe “de cima” logo no início do coletivo, em um toque de letra. Na primeira parte do treino, os titulares venceram por 4 a 0, com o ataque envolvendo a improvisada defesa do time reserva – os zagueiros suplentes do USC estão machucados.

Após aquela pausa para a água, o coletivo prosseguiu, com as costumeiras substituições. Nesta sexta, está marcado treino de bola parada à tarde, no CT Colorado. A delegação viaja para Patrocínio às 19h.

A menos que aconteça alguma surpresa, o time titular na estreia é: Gilson; Baroni, Ulisses, Lucena, Cleuber; Paulo Henrique, Leandro Teixeira, Jouberth; Douglas Eskilo, Baianinho e Bruno Henrique.

Adversário –Nesta semana o técnico Wantuil passou informações aos atletas sobre o Patrocinense. Para o volante Paulo Henrique, o adversário deve jogar atrás da linha da bola, não atacando tanto como o Mirassol, última equipe que o Uberaba enfrentou fora de casa. “Mas temos que estar ligados do começo ao fim para não ser surpreendidos”.

Mesmo fora de casa, o USC vai em busca da vitória, diz Paulo. O meia Jouberth afirma o mesmo. “Vamos enfrentar uma equipe qualificada, mas sabemos algumas deficiências deles, que temos que explorar, mantendo nossa proposta de jogo para sair de lá com um bom resultado”.

Jobim e Paulo comentam que o Colorado tem um estilo ofensivo. O meia ressalta que o time tem jogadores de qualidade, que ganharam o entrosamento adequado. Já o volante destaca o equilíbrio entre ataque e defesa. “O professor tem essa característica de sempre jogar pra frente, mas temos um equilíbrio. Todo mundo ataca, mas o pessoal da frente também defende. A marcação começa no ataque e isso ajuda muito”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.