03/02/2017 às 21h21min - Atualizada em 03/02/2017 às 21h21min

Morador reclama da falta de iluminação na Filomena Cartafina

Falta de iluminação em trecho da Avenida Filomena Cartafina gera reclamações de quem passa pelo local diariamente. Segundo um morador próximo ao local, o trecho tem apenas um poste com iluminação, o que pode influenciar assaltos e ocasionar acidentes.

O agente dos Correios, Anderson Soares, mora em condomínio na avenida e tem que passar pela escuridão todos os dias. Ele conta que se sente inseguro, pois vários caminhões e veículos de carga passam pelo trecho e, com a falta de visibilidade, os grandes veículos podem colidir com os carros de passeio ou motocicletas.

“A situação crítica começa no viaduto que dá para a avenida. Está muito escuro, tanto embaixo da ponte, quanto no começo da Filomena Cartafina. Têm os postes, mas não tem iluminação. O último poste com luz é o em frente a Churrascaria Zebu, no fim da Avenida Tonico dos Santos”, conta o morador.

Anderson enviou ao Uberaba Popular algumas imagens feitas por ele na noite desta quinta-feira (2). Em um dos vídeos, um caminhão chega a ultrapassar o veículo em que o jovem estava. Ele conta que é obrigado a passar pelo trecho escuro todos os dias e teme a insegurança.

“Às vezes acontecem roubos de cargas ou acidentes. A sensação é de insegurança. Todos os moradores da região reclamam. É bem perigoso”, conta.

Trecho.O trecho da Avenida Filomena Cartafina é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit). Segundo o engenheiro do departamento, José Eduardo Tiberi, a equipe está ciente da situação na avenida, mas ainda não há uma previsão de quando o problema será solucionado.

“O Dnit não tem equipe de manutenção para o trecho. Estamos tentando resolver o problema há um tempo para adequar a iluminação do local, mas ainda estudamos o que pode ser feito, já que aquele é um trecho que deverá ser transferido à concessionária responsável em breve”, explica.

A BR-050 foi concessionada à MGO Rodovias, mas o segmento do viaduto que dá acesso à Avenida Filomena Cartafina e o trecho da avenida em questão, não foram transferidos para a concessionária, permanecendo na responsabilidade do Dnit.

“A MGO não assumiu o trecho entre o km 174 e km 180, pois é um trecho que ainda tem uma obra a ser executada pela Prefeitura de Uberaba, uma obra de adequação de travessia urbana. Quando a obra da Prefeitura terminar, o trecho será transferido para a concessionária. Como ainda não terminou, fica esse impasse”, completa o engenheiro.

O engenheiro lamenta a situação vivenciada pelos moradores da região e diz continuar avaliando as adequações que devem ser feitas, juntamente com todo o departamento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.