02/02/2017 às 13h54min - Atualizada em 02/02/2017 às 13h54min

Fundação Cultural anuncia que não haverá Carnaval de rua em Uberaba

Uberaba não terá programação de Carnaval em 2017. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (2), pelo presidente da Fundação Cultural, Antônio Carlos Marques, durante coletiva de imprensa. Segundo ele, a verba que seria destinada ao Carnaval será utilizada para sanar dívidas existentes na casa.

O presidente explicou que foram abolidas todas as manifestações de Carnaval que costumam acontecer na cidade, como as marchinhas e blocos no Mercadão e as comemorações nos Centros Municipais de Educação Avançada (Cemeas) e na Concha Acústica.

“A Fundação, juntamente com os diretores, chegou à conclusão que não vai ter Carnaval na cidade de Uberaba. A gente não tem essa verba. A gente tentou patrocínio, mas não obtivemos resposta. A verba que a gente gastaria com esse carnaval, que é repassada pela Prefeitura Municipal, vamos usar para sanar nossas dívidas com a classe artística que nós temos, principalmente com os músicos”, explica Antônio Carlos.

De acordo com o presidente, para não que haja cancelamento da festa popular brasileira em 2018, o objetivo é começar o planejamento do Carnaval a partir do próximo mês.

“Nós pretendemos começar a trabalhar o carnaval a partir de março, durante todo o ano, com a Liga das Escolas de Samba e, aí, começar a trabalhar a questão do samba-enredo e de novos elementos para compor a escola. As escolas estão sem material, sem bateria, sem condições de fazer carro alegórico. A gente vai montar um plano de trabalho, juntamente com a Liga, durante todo o ano. Geralmente as escolas começam a trabalhar em dezembro, então, a gente vai fazer isso com tempo para ter um bom carnaval em 2018”, pontuou Marques.

Aniversário de Uberaba.Durante a coletiva, o presidente da Fundação Cultural também comentou sobre a programação para o aniversário de Uberaba, comemorado no dia 2 de março, na mesma semana em que acontece o Carnaval. Segundo ele, a programação já está sendo feita, mas garante que não será algo grandioso e que possa comprometer as dívidas da casa.

“Estamos preparando essa programação. A gente pretende homenagear os compositores de Uberaba, tanto os já falecidos, como os existentes. No aniversário de Uberaba, a gente quer homenagear esses compositores, convidando os músicos da cidade. Então, vai ser uma programação simples, mas que vai ter sua marca”, informou.

Por fim, o presidente disse que os uberabenses podem esperar a volta dos shows na Concha Acústica a partir de março. O espaço deverá ser usado durante a comemoração do aniversário da cidade e poderá marcar o retorno das atividades no espaço público.

Em relação à dívida existente com os músicos e artistas de Uberaba, Antônio Carlos informou que o débito deverá ser sanado em até seis meses.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.