30/01/2017 às 19h34min - Atualizada em 30/01/2017 às 19h34min

Ambulâncias estão paradas e quadro de efetivos ainda não está fechado

No pátio da Central de Ambulâncias, no Bairro Leblon, estão estacionadas 13 ambulâncias mas tem apenas um motorista para dirigi-las. Dois veículos são designados a atender pacientes que necessitam do transporte nas duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e os outros ficam à disposição da população. No entanto, denúncias afirmam que há desfalque no quadro de motoristas, já que apenas um é responsável por todas as demandas.

Alguns veículos apresentam problemas mecânicos, justificando o fato de estarem estacionados. Os outro, dependem de mais profissionais para dirigi-los. Em contato com a reportagem, um funcionário que não quis ser identificado, informou que é comum ouvir reclamações sobre o atendimento prestado pela Central de Ambulâncias da cidade.

No início deste mês, a Prefeitura de Uberaba informou ter feito um levantamento no setor, no qual foi apontada a necessidade de reformulação na Central. Cruzamento de dados mostraram que o serviço de transporte estava sendo utilizado de forma indevida, prejudicando os pacientes que realmente necessitam de atendimento.

De acordo com a Prefeitura, nas primeiras análises realizadas pela Secretaria de Saúde, verificou-se que vários atendimentos e pedidos não eram compatíveis com as funções de ambulância e que muitas vezes esses veículos eram utilizados para fins sociais.

“O que estamos percebendo é que algumas pessoas estão desvirtuando as obrigações do serviço. Vamos rever tudo isso, averiguar a real necessidade e dar atendimento a quem realmente precisa, que são os acamados e portadores de deficiências. É preciso que a comunidade entenda a importância deste atendimento, que não o requisite se não for necessário”, explica o secretário de Saúde, Iracy Neto.

Uberaba Popularentrou em contato com a Prefeitura, que informou que a reformulação do setor de ambulâncias está acontecendo independente da quantidade de ambulâncias estacionadas no pátio. “Quando o serviço é solicitado e se encontra realmente dentro dos parâmetros de atendimento, ele é feito”, diz trecho da nota.

Em relação ao quadro de motoristas disponíveis no setor, a Prefeitura informou que outros motoristas já foram convocados recentemente, faltando apenas a entrega dos documentos e exames médicos para se apresentarem à Central de Ambulância. Além disso, o órgão informou que os serviços estão sendo prestados, independente da formatação ou do quadro de funcionários.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.