30/01/2017 às 19h23min - Atualizada em 30/01/2017 às 19h23min

Bruno Henrique volta ao Colorado

[caption id="attachment_7556" align="alignright" width="300"]
O atacante disputou o Módulo II de 2016 com a camisa do USC[/caption]

Reforço no Uberaba Sport Club. Nesta segunda-feira chegou ao CT Colorado mais um jogador para a disputa do Mineiro Módulo II. Não exatamente uma cara nova: trata-se do atacante Bruno Henrique, que passou pelo clube no ano passado. Na época, ele foi uma espécie de “talismã”, já que entrava durante os jogos e fazia gols. Foram seis no total.

Bruno Henrique tem 24 anos, ou seja, é um dos sete atletas acima da idade permitidos pelo regulamento (o campeonato é sub-24).

Formado na base do Goiás, o atacante já trabalhou com o técnico Wantuil Rodrigues em três oportunidades: no Sertãozinho, Valério e na primeira passagem pelo USC. Bruno já jogou na Tailândia e estava no futebol português, no Leixões. Após não acertar uma transferência para o Bahrein, voltou ao Uberaba.

“Desde que saí nunca escondi que o desejo de voltar era muito grande. Vinha mantendo contato com o Wantuil, não estava querendo ficar mais em Portugal, quando cheguei ao Brasil tive uma conversa boa com ele e acertamos o retorno. Tive uma passagem muito boa aqui, entrei nos jogos, fiz gols, depois consegui a titularidade. Estou chegando por último, então é trabalhar humildemente para conquistar espaço”, declara o reforço.

O jogador disputará posição no time titular com outros seis atacantes: Rudimar, Douglas Eskilo, Léo Torres, Rodrigo Dias, Baianinho e Paulinho. “Vim sabendo disso, sei que o elenco é muito bom, então vai ser uma briga sadia”, diz Bruno, que afirma que está bem fisicamente e pronto para jogar. “Desde que voltei de Portugal venho treinando em particular, não é a mesma coisa, mas ajuda muito”.

A chegada de Bruno Henrique agradou o técnico Wantuil. “Já conheço o Bruno, é um atacante de área e misto, ganha o Uberaba com mais opções de ataque, o time está bem servido, tem atacantes com várias características”.

Preparado para repetir os gols de 2016, o jogador torce por um desfecho diferente do time no fim do campeonato, com o Colorado conquistando o acesso. “No ano passado bateu nas duas traves, era só ganhar o último jogo em casa. Espero que a sorte esteja do nosso lado dessa vez”, finaliza.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://uberabapopular.com.br/.
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.