Quem somos

Fundado em 1º de setembro de 2016, o Uberaba Popular nasceu com a romântica proposta de ser diferente, de defender os ideias do jornalismo e de, sobretudo, não se corromper.

O projeto inicial, com a versão impressa, resistiu apenas a seis edições. Os altos custos para manter um projeto sem que o lado comercial tivesse sido planejado, não funcionou. Não por descrédito ao papel, que tanto fascinava a equipe de fundadores, mas por gerar mais prejuízos do que ganhos.

Hoje, a ética, a imparcialidade e a seriedade na apuração dos fatos , o leme do nosso conteúdo, pode ser visto na versão digital e debatidas nas redes sociais.

O jornalismo feito para contar as histórias da população, enaltecer personagens e sentimentos está muito bem representado no “Retratos da Rua”, e nos envaidecemos por ao ver que a ideia foi acatada por outras mídias, já que, desde a fundação do UP, versões parecidas vem sendo realizadas.

Na política, temos a obrigação de representar quem nos lê. Por isso, o UP não tem compromisso político com nenhuma base partidária. Exatamente por acreditar que todos devem exercer os seus papeis e por não acreditar que é possível ser imparcial quando há uma transação comercial ou interesses pessoais no mesmo caminho.

O UP não quer dar notícia em primeira mão, não quer propagar crimes, reproduzir imagens chocantes, muito menos “quebrar” a internet com milhares de curtidas e compartilhamentos. O nosso conteúdo instiga ao pensamento. Se ao menos uma matéria publicada fizer o leitor pensar no que leu, o nosso trabalho estará sendo realizado como acreditamos. Se pelo menos uma matéria conscientizar o leitor de que o jornalismo existe para defendê-lo, teremos alcançado o nosso maior objetivo.

“O jornalismo nunca pode ficar em silêncio: Esta é a sua maior virtude e o seu maior defeito. É preciso falar, e falar imediatamente, enquanto os ecos da maravilha, as alegações de triunfo e os sinais de horror ainda estão no ar”. Henry Grunwald

Link
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)
Plantão
Atendimento
Envie a sua sugestão de notícia pelo PLANTÂO.